MotoGP: Petronas Yamaha aguarda decisão de Rossi para definir dupla de 2022

Razlan Razali defendeu que sua equipe a Yamaha estão em uma boa posição, podendo esperar até definir seus pilotos para o próximo ano

MotoGP: Petronas Yamaha aguarda decisão de Rossi para definir dupla de 2022

O mundo da MotoGP segue aquecido, mesmo durante sua pausa de verão, aguardando o anúncio oficial de Valentino Rossi, se aposenta ou se buscará seguir no grid em 2022. E o chefe de sua equipe atual, Razlan Razali, da Petronas Yamaha SRT, assegura que não tem pressa para fechar sua dupla de pilotos do próximo ano, esperando ouvir antes da decisão do italiano.

Após 15 anos na equipe oficial da Yamaha, Rossi foi para a Petronas nesse ano, em uma troca de vagas com Fabio Quartararo. Nas nove primeiras corridas, Rossi vive sua pior temporada no Mundial, estando apenas na 19ª posição com 17 pontos e um único top 10, em Mugello.

Leia também:

Aos 42 anos, o Doutor disse que usaria a pausa de verão para decidir sobre seu futuro, mesmo que suas últimas declarações apontem que a decisão pela aposentadoria já está tomada.

Caso opte por continuar, não seria incabível pensar que Rossi correrá com a VR46, que estreia na MotoGP em 2022, mas, enquanto isso, sua equipe atual espera a decisão, mesmo que já tenham se reunido com alguns pilotos pensando no próximo ano.

"Estamos aguardando a decisão de Valentino e a Yamaha", disse Razali em uma entrevista publicada pela equipe. "De todo modo, e como é normal nessa época do ano, as últimas notícias do mercado de pilotos da MotoGP abriram as possibilidades. É uma conversa em andamento entre nós, Yamaha e os pilotos e não temos pressa para anunciar nada".

Caso Rossi não continue, não faltariam candidatos para ocupar essa M1 livre. E vale lembrar que a Petronas pode ter que buscar até dois pilotos, caso a Yamaha finalmente promova Franco Morbidelli à equipe oficial para a vaga que será deixada por Maverick Viñales.

"Temos o interesse de muitos pilotos e inclusive de alguns que estão fora da MotoGP. Acreditamos que temos tempo e estamos em uma posição em que podemos escolher; todos conhecem o pacote que a Yamaha pode oferecer e o que um jovem piloto pode fazer com nossa equipe".

"Temos a estrutura e o conjunto para oferecer aos jovens pilotos a oportunidade de alcançar seus sonhos. Vimos isso tanto com Franco Morbidelli quanto Fabio Quartararo, assim tomaremos nosso tempo para avaliar os pilotos".

"Não haverá nenhum anúncio sobre a possível dupla antes de pelo menos mais duas corridas".

EXCLUSIVO: Mariana Becker vê Hamilton mais irritado, Verstappen maduro e detalha 'treta' com Alonso

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #118: Quais 'passagens de bastão' mais emblemáticas da F1?

 

.

compartilhar
comentários
Apesar de evolução tecnológica, Márquez e Rossi defendem que MotoGP segue um campeonato "de pilotos"

Artigo anterior

Apesar de evolução tecnológica, Márquez e Rossi defendem que MotoGP segue um campeonato "de pilotos"

Próximo artigo

MotoGP: Em recuperação após cirurgia, Morbidelli pode voltar apenas em Misano

MotoGP: Em recuperação após cirurgia, Morbidelli pode voltar apenas em Misano
Carregar comentários