MotoGP: Rossi diz que corridas de juniores são "assustadoras" e cobra mudanças após morte de Dean Viñales

Há alguns anos, lenda da MotoGP destaca o quão agressivos são os pilotos das categorias de base e como isso têm chegado até o Mundial

MotoGP: Rossi diz que corridas de juniores são "assustadoras" e cobra mudanças após morte de Dean Viñales

A morte de Dean Berta Viñales, primo de Maverick Viñales, de apenas 15 anos durante uma etapa do World Supersport 300 na última semana em Jerez segue repercutindo no mundo da motovelocidade. E a lenda da MotoGP Valentino Rossi afirmou que os níveis de agressividade em categorias juniores como a Moto3 e a WSS300 tornam as corridas "bem assustadoras".

Viñales é o terceiro adolescente a morrer desde maio em categorias juniores de nível internacional após Jason Dupasquier, da Moto3, no fim de maio, e Hugo Millan na Talent Cup Europeia em junho.

Leia também:

Isso levou a um acalorado debate dentro da comunidade de corridas de moto sobre como a segurança nessas categorias pode ser melhorada para evitar que acidentes fatais como esses sigam sendo frequentes.

Rossi acredita que as normas de bandeira amarela devem ser mais reforçadas nestas classes, enquanto nota também que algo precisa ser feito sobre o nível de agressividade, uma consequência da natureza das máquinas usadas nestes campeonatos, para criar corridas bem próximas.

"O que aconteceu em Jerez é um grande desastre, e é o terceiro neste ano em que perdemos pilotos muito jovens", disse Rossi nas coletivas pré-GP dos Estados Unidos. "O que podemos fazer? Acho que o problema, o mais perigoso em nosso esporte, é quando um piloto cai e logo em seguida é atingido por outro piloto".

"Essa situação [da WSS300] nas corridas são muito perigosas, porque você tem muitos pilotos, mais de 40. E todos estão muito próximos. Então o risco [deste tipo de acidente] é muito alto".

"O que podemos fazer, em primeiro lugar, é forçar um respeito maior para a bandeira amarela dos pilotos que vêm atrás. Não sei exatamente a dinâmica do acidente de Jerez, mas geralmente quando os pilotos veem a bandeira amarela, eles tentam perder o mínimo possível".

"Esse é um modo de melhorar. E também, nos últimos anos, os pilotos, os mais jovens, são muito, muito, muito agressivos, e quando você assiste essas corridas, elas são bem assustadoras, porque todos dão além do limite, e eles nunca pensam no que pode acontecer. Para mim, todos precisam lembrar do quão perigosas as corridas de moto são".

MotoGP remembers WorldSSP300 rider Dean Berta Viñales

MotoGP remembers WorldSSP300 rider Dean Berta Viñales

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Quando questionado pelo Motorsport.com se levantar a idade mínima para as categorias juniores em competições internacionais seria uma solução, Rossi acredita que isso não mudaria muita coisa, e que seria melhor um regulamento bem mais rígido.

"Pode ser uma solução, mas é difícil, porque se você levantar um ano ou dois, pode ajudar mas não vai fazer uma grande diferença. Talvez quem controla a corrida, especialmente as juniores, com pilotos jovens, precisam ser mais rígidos, seguindo tudo que acontece na pista".

"E se alguém fizer algo perigoso, dar penalizações mais pesadas talvez seja o caminho. Nosso esporte é fantástico, todos amamos o esporte, mas é preciso seguir com um pouco de respeito pelos demais pilotos porque certamente todos querem estar na frente".

"Mas há coisas mais importantes do que ganhar duas posições, a segurança própria e dos rivais, e acho que é essa a mensagem que precisa ser mais forte no futuro".

HAMILTON se vê com ALVO NAS COSTAS e compara MAX/ALONSO: "Uns são capazes de controlar, outros não”

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #135 – Vitória 100 de Hamilton na F1 chega em momento mais pressionado na carreira?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Márquez responde acusações sobre estilo de pilotagem ter má influência sobre jovens
Artigo anterior

MotoGP: Márquez responde acusações sobre estilo de pilotagem ter má influência sobre jovens

Próximo artigo

MotoGP: Marc Márquez lidera TL1 para o GP das Américas em Austin

MotoGP: Marc Márquez lidera TL1 para o GP das Américas em Austin
Carregar comentários