MotoGP: Rossi promete definir futuro após férias de verão da categoria

Italiano prefere não dar pistas se continuará por mais um ano na maior categoria da motovelocidade

MotoGP: Rossi promete definir futuro após férias de verão da categoria

Valentino Rossi deixou a porta aberta para se retirar do MotoGP no final da temporada de 2021 e diz que vai tomar uma decisão durante o verão.

O piloto de 42 anos assinou no ano passado por uma única temporada com opção de outra com a equipe Petronas e deixou sua continuidade sujeita aos resultados. Suas estatísticas indicam que ele não terminou entre os 10 primeiros em 13 GPs e atualmente está em 19º no campeonato, com nove pontos após as cinco primeiras rodadas do calendário.

Leia também:

O mercado da MotoGP já começou a avançar para 2021 com as poucas vagas restantes e uma das primeiras confirmações será a renovação de Jack Miller pela Ducati. No entanto, o #46 não parece ter pressa em renovar. Prestes a encarar o GP da Itália em Mugello, que pode ser o seu último, Rossi não planeia fazer qualquer anúncio. Depois de seu pior começo de campeonato, ele prefere adiar a decisão para depois do verão europeu.

"Falando com a Petronas e a Yamaha, é mais para o meio da temporada porque depois de nove corridas temos as férias de verão e acho que vou decidir sobre o próximo ano nesse período, depois de nove corridas", disse Rossi ao canal de televisão indonésio da Trans7.

Lá eles perguntaram sobre a possibilidade de permanecer ativo na próxima temporada, quando o campeonato está programado para visitar o país asiático no novo Circuito Mandalika.

"Parece uma pista rápida com algumas curvas rápidas, o que normalmente é divertido, mas para compreender bem temos que testar a moto. Vai ser muito exigente porque está muito calor na Indonésia. Corri lá em 1996 e 1997 e lembro que é mais quente que na Malásia. Mas o mar é muito próximo, então se estiver muito calor a gente vai tomar banho de mar”, brincou.

F1 2021: Rico Penteado decifra o que deve acontecer no GP de Mônaco; veja em detalhes | TELEMETRIA

 

 

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Martín está fora do GP da Itália e deve voltar em Barcelona; Pirro substituirá espanhol em Mugello

Artigo anterior

MotoGP: Martín está fora do GP da Itália e deve voltar em Barcelona; Pirro substituirá espanhol em Mugello

Próximo artigo

MotoGP: Miller garante permanência na equipe oficial da Ducati em 2022

MotoGP: Miller garante permanência na equipe oficial da Ducati em 2022
Carregar comentários