Rossi tem dor no braço inesperada durante treino

Piloto da Yamaha admitiu que "sofreu muito" com primeiro dia de atividades em Mugello, ainda se recuperando de acidente

Rossi tem dor no braço inesperada durante treino
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Carregar reprodutor de áudio

Valentino Rossi passou uma noite no hospital na semana passada, depois de ter ferido seu peito e abdômen em um acidente de motocross durante o treinamento.

O italiano, que terminou em 11º e 12º nas duas sessões desta sexta-feira, esperava poderia ter problemas na respiração em seu retorno às pistas, mas ficou surpreso por ter tido dores no braço direito.

"Dia difícil, tive que me esforçar um pouco a mais porque em Mugello com esta temperatura, normalmente já é muito difícil se você estiver 100%", disse Rossi.

"Especialmente nesta manhã eu sofri muito na aceleração, porque tive dor no meu braço direito, para ficar na moto."

"Ao abrir a aceleração, você tem que ficar no guidão, com todo a força e tive muita dor. Sinceramente, não esperava por isso, esperávamos outra coisa, ficamos surpresos."

O italiano não usou analgésicos para a sessão da manhã, mas decidiu tomar a medicação "muito leve" para o TL2.

"Trabalhamos muito no braço, tomamos algo e à tarde foi melhor", explicou. "Mas foi muito difícil, especialmente para se recuperar e fazer algumas sessões mais longas."

"Depois de cinco, seis voltas, ficava difícil. Mas é sexta-feira, talvez eu melhore."

Queda de Viñales

O companheiro de equipe de Rossi, Maverick Viñales, sofreu uma forte queda no TL2, perdendo a moto na zebra da Arrabbiata 2.

O líder do campeonato, que foi o terceiro mais rápido no treino de abertura usando pneu macio na frente, estava testando o composto médio quando caiu e diz que teve a sorte de evitar lesões.

"Por esse acidente, estou bem. A moto está um pouco danificada", disse Viñales. "Felizmente, eu saí andando, porque a curva é muito rápida."

"Eu não tive um bom sentimento no lado direito com o pneu médio. Acho que esse composto é muito difícil para nossa moto."

"Então, acho que havia menos aderência e isso me fez perder a moto."

Tanto Viñales, quanto Rossi reiteraram que a escolha do pneu seria a chave para a corrida, mas enquanto o espanhol disse estar satisfeito com a configuração da moto da Yamaha, Rossi foi menos positivo.

"Temos que trabalhar no equilíbrio da moto. Eu não estou muito feliz, precisamos tentar torná-la um pouco melhor", disse Rossi.

Relatos adicionais por Matteo Nugnes e Oriol Puigdemont

compartilhar
comentários
Crutchlow lidera sexta em Mugello; Viñales cai e Rossi é 12º
Artigo anterior

Crutchlow lidera sexta em Mugello; Viñales cai e Rossi é 12º

Próximo artigo

Viñales derrota Rossi e marca pole em Mugello

Viñales derrota Rossi e marca pole em Mugello