MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
12 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
26 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
40 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
54 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
68 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
82 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
96 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
103 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
138 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
166 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
173 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
187 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
201 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
222 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
236 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
244 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
250 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
264 dias

Viñales tem contrato renovado com Yamaha até 2022

compartilhar
Viñales tem contrato renovado com Yamaha até 2022
Por:
28 de jan de 2020 13:21

Espanhol comemora mais dois anos de acordo e de não precisar pensar sobre futuro durante campeonato de 2020

A Yamaha anunciou que manterá os serviços do Maverick Viñales por mais dois anos, marcando a conclusão do primeiro grande acordo da temporada da MotoGP de 2020.

O campeão da Moto3 de 2013 juntou-se à Yamaha vindo da Suzuki em 2017 e até agora conquistou seis vitórias, sendo duas no ano passado, ao longo de suas três temporadas na equipe.

Leia também:

Comentando seu novo contrato, Viñales diz que não queria que seu futuro em 2021 pesasse em sua mente durante a fase inicial da temporada e não via "nenhuma razão para não ficar com a Yamaha.”

"Estou extremamente feliz porque posso manter minha própria equipe", disse Viñales, que terminou em terceiro na classificação de pilotos no ano passado.

“Este será o segundo ano com minha equipe atual e, depois disso, tenho mais dois anos pela frente.”

"Eu estou muito animado! Acho que se continuarmos trabalhando muito, estamos indo no caminho certo.”

“Para mim, era muito importante fazer esse anúncio antes do início da temporada, porque estou muito motivado e quero poder me concentrar totalmente no campeonato de 2020.”

“Não quero gastar muito tempo pensando no futuro. Não havia motivos para não ficar na Yamaha, porque eles se sentem em família.”

"A Yamaha está me dando muito apoio e, como eu disse, tenho meu próprio time", o que é algo que realmente preciso.”

“Precisamos continuar trabalhando e ser muito fortes. Nosso principal objetivo é, como sempre, ser campeão do mundo e tentar trazer à Yamaha a honra número 1 novamente.”

"Vou tentar o meu melhor. Com certeza, darei tudo o que tenho para deixar nossa equipe orgulhosa também.”

"Gostaria de dizer 'obrigado' à Yamaha por sua fé em mim. Eles estão me dando muita confiança, e eu realmente confio em nossa parceria. Acho que estaremos crescendo muito rápido e continuaremos pressionando."

Viñales estava ligado a uma possível mudança para a Ducati, com a marca italiana não descartando a possibilidade quando perguntada sobre isso no ano passado.

Este anúncio agora coloca algumas dúvidas sobre o futuro de Valentino Rossi na equipe de fábrica, com a sensação do ano passado, Fabio Quartararo, com grande probabilidade de ser promovido à equipe oficial.

Rossi afirmou anteriormente que quer ver como se apresenta nas corridas de abertura antes de se comprometer com uma extensão de carreira, e também não descartou a mudança para a SRT (equipe satélite da Yamaha) se não houvesse espaço para ele na equipe oficial.

A Yamaha lançará oficialmente sua moto da temporada 2020 às vésperas do primeiro teste do ano em Sepang, na Malásia, no dia 6 de fevereiro.

Quer ver a Indy e o Mundial de Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Relembre as motos e a carreira de Maverick Viñales no Mundial de Motovelocidade

Galeria
Lista

2015 - Suzuki, 12º lugar

2015 - Suzuki, 12º lugar
1/10

Foto de: Suzuki MotoGP

O espanhol chegou à categoria rainha após ser campeão da Moto3 em 2013 e terceiro na Moto2 no ano seguinte.

2015 - Suzuki, 12º lugar

2015 - Suzuki, 12º lugar
2/10

Foto de: Suzuki MotoGP

Em sua primeira temporada, os melhores resultados de Viñales foram dois sextos lugares, na Catalunha e na Austrália.

2016 - Suzuki, 4º lugar

2016 - Suzuki, 4º lugar
3/10

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Na segunda temporada com a marca, o espanhol fez bonito e chegou quatro vezes ao pódio.

2016 - Suzuki, 4º lugar

2016 - Suzuki, 4º lugar
4/10

Foto de: Suzuki MotoGP

O ponto alto da temporada foi a conquista da primeira vitória da carreira, no GP da Grã-Bretanha.

2017 - Yamaha, 3º lugar

2017 - Yamaha, 3º lugar
5/10

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

No ano de estreia na Yamaha, Viñales conseguiu terminar o ano à frente do companheiro, Valentino Rossi.

2017 - Yamaha, 3º lugar

2017 - Yamaha, 3º lugar
6/10

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Ao fim da temporada, o espanhol acumulava três vitórias, enquanto Rossi alcançou apenas uma.

2018 - Yamaha, 4º lugar

2018 - Yamaha, 4º lugar
7/10

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

No segundo ano de Yamaha, Viñales terminou atrás de Rossi pela primeira vez.

2018 - Yamaha, 4º lugar

2018 - Yamaha, 4º lugar
8/10

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mesmo assim, o espanhol conquistou a única vitória da fabricante japonesa na temporada, no GP da Austrália.

2019 - Yamaha, 3º lugar

2019 - Yamaha, 3º lugar
9/10

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Em temporada dominada pela Honda de Marc Márquez, Viñales foi o melhor piloto da Yamaha e fechou o ano mais uma vez à frente de Rossi.

2019 - Yamaha, 3º lugar

2019 - Yamaha, 3º lugar
10/10

Foto de: Srinivasa Krishnan

Ele ainda conquistou mais duas vitórias ao longo do ano, chegando à sétima em sua carreira.

Próximo artigo
F1 e MotoGP terão recorde de datas conflitantes em 2020

Artigo anterior

F1 e MotoGP terão recorde de datas conflitantes em 2020

Próximo artigo

Márquez: “Chegarei nos testes de Sepang 60 ou 70% recuperado”

Márquez: “Chegarei nos testes de Sepang 60 ou 70% recuperado”

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Maverick Viñales Compre Agora
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Lewis Duncan