Porsche Cup Velocitta - Sprint

Porsche Cup: Junqueira vive dia de “sonho” com vitória geral na Challenge

Piloto se aproveitou do caos entre os principais concorrentes para vencer não somente pela Sport como também na geral

Antonio Junqueira

Em meio a uma movimentada e caótica prova da Sprint Challenge no Velocitta, Antonio Junqueira levou a melhor. Para o piloto da Porsche Cup, a vitória deste domingo pode ser descrita como um “sonho”.

Junqueira largou na pole na corrida deste domingo, aproveitando-se do sorteio de inversão de posições. Após perder a liderança no começo da prova, ele viu Cristian Mohr e Urubatan Júnior recebendo punições por queima de largada, enquanto Antonella Bassani sofreu um toque de Urubatan e rodou.

Leia também:

Com isso, ele pulou para a ponta e dali não saiu mais, garantindo uma importante dupla vitória: na geral da Sprint Challenge, e em sua classe, a Sport. Em entrevista ao Motorsport.com, ele resumiu seu domingo.

“Para minha sorte, os problemas [no domingo foram ficando para trás e eu consegui administrar. Fui conversando com meu coach, que ia passando informações”.

“Eu sofri com o calor, com as mudanças no carro, o asfalto abrasivo, então depois da quinta volta já era outro carro e eu precisei aprender com isso, mudar o modo como eu freava, acelerava, para manter a diferença. Foi uma corrida muito desafiadora, inclusive no psicológico, mantendo a concentração”.

Segundo Junqueira, as condições climáticas das mais diversas que marcaram o fim de semana no Velocitta também dificultaram o trabalho.

“No quali eu não tive um bom resultado, porque eu não tinha andado antes com pneu slick aqui, só com chuva. Então eu demorei para entender a aderência do carro. Eu larguei em 14º, mas tive uma primeira volta muito boa e fui construindo em cima disso”.

“Acabei em sexto e a inversão de grid veio como um presente em um dia especial, por ser o aniversário da minha filha mais nova, Helena”.

Ele termina falando sobre a sensação de obter uma vitória geral na Sprint Challenge: “É fantástico. É o sonho de qualquer piloto cruzar a linha de chegada em primeiro na geral, à frente desse grid de muita qualidade. Andar na frente foi realmente um desafio, mas ajudou a mostrar que eu tenho potencial para brigar nas próximas etapas na geral”.

Galvão Bueno tem projeto para voltar a narrar F1; saiba mais no vídeo:

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Porsche Cup: Paludo espera que recorde de vitórias seja “primeiro de muitos”
Próximo artigo Muller sobe novamente ao pódio no Velocitta e entra de vez na briga pelo título da Porsche Cup

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil