Barrichello tem pane seca e Maurício vence segunda prova

Campeão de 2014 fica a poucos metros da linha de chegada, após tentativa de terminar prova sem parada nos boxes

Barrichello tem pane seca e Maurício vence segunda prova
Carregar reprodutor de áudio

Sobrou emoção na segunda bateria da etapa de Curvelo da Stock Car. Na economia de combustível, Ricardo Maurício foi o grande vencedor, superando Rubens Barrichello nos metros finais, quando o recordista de provas da F1 teve pane seca, tentando utilizar a mesma tática do carro #90. Foi a primeira vitória de "Ricardinho" de 2016.

Tuka Rocha acabou na segunda posição e Daniel Serra completou o pódio. Ficando a poucos metros da bandeira quadriculada, Barrichello foi oficialmente o 22º, sem pontuar. A sorte do vice-líder do campeonato é que Felipe Fraga, que teve que reabastecer nas voltas finais, foi apenas o 16°, também ficando sem marcar.

Com os resultados, Fraga permanece na liderança, com 282 pontos. Barrichello tem 245 e Valdeno Brito é o terceiro no campeonato com 200. 

Na prova final de Interlagos, no dia 11 de dezembro, a pontuação será dobrada, distribuindo 60 tentos ao vencedor. O piloto de Tocantins garante o título com o 12º lugar.

A Corrida

Galid Osman, que largaria em segundo, ficou parado no grid no início da volta de apresentação e teve que abandonar antes mesmo da largada. Diego Nunes foi o pole, por ter finalizado a primeira bateria em décimo.

O início da prova foi limpo, com Nunes mantendo a ponta, seguido de Júlio Campos, Átila Abreu, Gabriel Casagrande e Rubens Barrichello, que fez ótima saída.

A direção de prova entendeu que Allam Khodair queimou a largada, o obrigando a passar pelo pit lane como punição.

Na quinta volta, Átila passou Campos pelo segundo posto, enquanto Nunes começava a se distanciar.

Na metade da prova, a tensão começava a pairar sobre pilotos e equipes, já que não se sabia se quem não parou conseguiria ir até o fim, sem precisar reabastecer.

Enquanto isso, vice-líder e líder do campeonato travavam duelo pela quarta posição, com Barrichello conseguindo segurar Fraga.

Brigando pela liderança, Átila breu e Diego Nunes foram para os boxes faltando sete minutos para o fim. Além deles, Fraga também teve que realizar sua parada.

Com isso, Rubinho assumiu a liderança, com Campos em segundo e Ricardo Maurício em terceiro.

Nas últimas curvas, Barrichello ficou sem combustível e Ricardo Maurício conquistou a vitória em Curvelo, com Tuka Rocha em segundo e Daniel Serra em terceiro.

A próxima etapa da Stock Car acontece em Interlagos, na decisão do título em prova única com pontuação dobrada.

Confira o resultado final

Pos. No. Piloto
1 90 Ricardo Mauricio
2 25 Tuka Rocha
3 29 Daniel Serra
4 77 Valdeno Brito
5 5 Denis Navarro
6 46 Vitor Genz
7 65 Max Wilson
8 4 Julio Campos
9 63 Nestor Girolami
10 80 Marcos Gomes
11 3 Bia Figueiredo
12 26 Raphael Abbate
13 51 Átila Abreu
14 70 Diego Nunes
15 21 Thiago Camilo
16 88 Felipe Fraga
17 83 Gabriel Casagrande
18 9 Guga Lima
19 117 Guilherme Salas
20 8 Rafael Suzuki
21 73 Sergio Jimenez
22 111 Rubens Barrichello
23 18 Allam Khodair
24 0 Cacá Bueno
25 99 Xandynho Negrão
26 12 Lucas Foresti
27 28 Galid Osman
28 110 Felipe Lapenna
29 10 Ricardo Zonta
compartilhar
comentários
Fraga mostra força, domina e vence primeira prova em Curvelo
Artigo anterior

Fraga mostra força, domina e vence primeira prova em Curvelo

Próximo artigo

Rubinho lamenta vitória perdida no fim: “faltou muito pouco”

Rubinho lamenta vitória perdida no fim: “faltou muito pouco”
Carregar comentários