Stock Car: 'trinca' de Camilo e 1-2 com Ramos na etapa de Cascavel

Pilotos da Ipiranga Racing 'pisaram fundo' com o Corolla da Toyota Gazoo Racing e brilharam no oeste do Paraná

Stock Car: 'trinca' de Camilo e 1-2 com Ramos na etapa de Cascavel

A Ipiranga Racing teve a corrida perfeita na abertura da 5ª etapa da Stock Car, em Cascavel. Thiago Camilo fez o hat-trick (pole position, volta mais rápida e vitória), e teve no pódio, em segundo lugar, a companhia de seu companheiro de equipe, César Ramos. 

Desde a largada os carros da equipe de Andreas Mattheis dominaram a corrida com tranquilidade, mantendo o 1-2 conquistado na classificação. Só perderam a ponta momentaneamente, durante a janela de pit stops. Na parada, os Toyotas de Camilo e de Ramos trocaram a apenas o pneu traseiro esquerdo, mais próximo aos mecânicos, e não reabasteceram. Após o pit, administraram a corrida. Gabriel Casagrande completou o pódio.

Na segunda prova, de grid invertido, com Cesar Ramos largando em 9º e Thiago Camilo em 10º, e conscientes de que fariam um pit stop longo, com reabastecimento e troca de pneus de apoio, do lado direito, a meta era marcar pontos, o máximo possível.

Os dois ficaram ‘ensanduichados’ na largada e perderam, além de posições, um pouco de desempenho. Ainda assim, depois do pit stop, chegaram a andar em 14º e 15º. Na última volta, Thiago Camilo encontrou um retardatário extremamente lento (Tuca Antoniazi) no traçado de uma curva de alta velocidade, bateu e ficou sem pontos. Cesar recebeu a bandeira quadriculada em 16º. Átila Abreu venceu.

Com os 32 pontos (2 pela pole e 30 pela vitória) conquistados, Thiago Camilo saltou de 11º para 8º lugar no campeonato. César Ramos fez 31 pontos e foi de quarto para terceiro no campeonato.

Camilo disse: “Além de conquistar a pole position e fazer a volta mais rápida numa pista difícil como essa, a tática da equipe funcionou perfeitamente. Imprimimos um ritmo forte nas primeiras voltas, entramos no pit com boa vantagem sobre os demais e administramos até o fim. Na segunda corrida, infelizmente, além de o carro ter perdido rendimento após os toques na largada, topei com um retardatário no fim."

"É uma pena, seriam pontos importantes, mas considerando que a etapa anterior, no Velocittà, talvez tenha sido a de pior desempenho desde que cheguei na equipe, em 2017, nossa recuperação foi fantástica e vamos para a próxima, em Curitiba, com a certeza de que poderemos galgar mais alguns degraus”, completou Thiago, que em 2020 também fez pole e venceu a corrida da 5ª etapa, em Cascavel.  Essa foi a 33ª vitória de Camilo na Stock Car.

Ramos afirmou: “Correndo com 15 quilos de lastro, o desempenho na primeira corrida foi o melhor possível, acompanhei meu companheiro de equipe e cheguei em segundo. Na segunda corrida, além do sanduíche na largada, depois do pit stop, onde trocamos o pneu traseiro direito, o outro pneu de apoio (dianteiro direito) sofreu um desgaste excessivo e não consegui ganhar posições como pretendia, mas os cinco pontos conquistados podem ser decisivos no fim da temporada”.

Confira como ficou a tabela, após a rodada de Cascavel, a quinta de 2021 (Top-10)

Pos. Piloto Pontos
1 Daniel Serra 160
2 Gabriel Casagrande 156
3 Cesar Ramos 143
4 Ricardo Zonta 141
5 Diego Nunes 128
6 Átila Abreu 127
7 Rubens Barrichello 121
8 Thiago Camilo 115
9 Bruno Baptista 111
10 Denis Navarro 108

Veja como foram as corridas

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

.
compartilhar
comentários
Dudu Barrichello pontua em sua primeira experiência na Stock Car
Artigo anterior

Dudu Barrichello pontua em sua primeira experiência na Stock Car

Próximo artigo

Stock Car: Nelsinho Piquet faz prova de recuperação em Cascavel

Stock Car: Nelsinho Piquet faz prova de recuperação em Cascavel
Carregar comentários