Honda deixa no ar futuro do projeto do WEC para focar em parceria com Aston Martin na F1

Entrada no Mundial de Endurance seria através da Acura, com o primeiro teste do hipercarro acontecendo nesta semana, nas 24h de Daytona

A Honda logo on a Red Bull

O braço americano da Honda Racing Corporation (HRC) se envolveu recentemente no desenvolvimento das novas unidades de potência da Fórmula 1, que entrarão em vigor em 2026, quando se iniciará a parceria da marca japonesa com a Aston Martin. E, devido ao tamanho do trabalho implicado, a Honda pode reconsiderar outros programas que está envolvida, como o WEC.

No momento, a Honda mantém os planos de participar do Campeonato Mundial de Endurance com o hipercarro Acura ARX-06, trabalhando em uma estreia colaboração com a equipe WTR Andretti, alinhando dois carros da classe LMDh para as 24 Horas de Daytona do próximo fim de semana.

Leia também:

No entanto, a empresa japonesa precisa acelerar o desenvolvimento da nova unidade de potência da F1 para 2026 e, neste contexto, a sede da Califórnia já está dando o seu melhor.

"Estamos com a Fórmula 1 agora, então temos que garantir que estamos cuidando disso", disse o presidente David Salters ao SportsCar365. "Veremos. Todas essas coisas serão avaliadas".

"Nossa primeira responsabilidade é a América do Norte, a Honda americana e a Acura. Mas isso abre mais possibilidades. Alguns de nossos homens e mulheres talentosos podem ajudar com coisas da F1 se necessário".

"Pode haver ainda mais. Veremos. Essa é outra oportunidade. Se o WEC entrar na conta também, então teremos o poder de cuidar também, o que nos permite fazer coisas globais".

"As coisas aqui são constantemente questionadas e discutidas, porque são decisões de alto nível. Podemos fazer bem e isso faz sentido? Vamos seguir fazendo essas perguntas e revisá-las".

Salters evitou falar mais a fundo sobre um programa do WEC com a Acura em 2025, reafirmando que "tudo é avaliado constantemente".

"Vamos avaliar. No ponto em que fizer sentido para nós, vamos descobrir. Estamos avaliando constantemente. Todos sabemos que é bem difícil de prever o futuro. Vamos ver onde chegaremos. Mas, a responsabilidade nº1 é fazer um bom trabalho aqui para a Acura. É isso que mais me preocupa".

"E aí vamos olhar para o resto e ver onde queremos chegar, o que faz sentido para a Honda, para a Acura".

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Norris na RBR? Sainz? Albon e franceses no centro dos rumores da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Kubica diz que Fórmula E é como "transar com boneca inflável" e di Grassi rebate: "Algo de errado com ele"
Próximo artigo WEC: 6 Horas de São Paulo confirma patrocinadora principal para 2024

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil