Alonso define falha em motor de Vandoorne como "incrível"

Companheiro de equipe de espanhol sequer conseguiu largar no GP do Bahrein neste domingo

Alonso define falha em motor de Vandoorne como "incrível"
Stoffel Vandoorne, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MCL32, leads Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17, Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari
Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12, Fernando Alonso, McLaren MCL32

Stoffel Vandoorne foi retirado da prova depois que a Honda encontrou um problema com o motor na volta de reconhecimento para o grid de largada.

A fabricante japonesa não revelou a causa, mas inicialmente acredita-se que seja o mesmo problema na MGU-H que causou várias falhas nos treinos e na classificação.

"Incrível", Alonso respondeu quando foi informado sobre o defeito no carro de Vandoorne. "Incrível, você sabe, porque nós temos trabalhado muito, e Stoffel está trabalhando duro também."

"Este fim de semana ele teve muita má sorte com as mudanças na unidade de potência, e nem sequer conseguiu participar..."

"Você pode ser rápido ou lento em corridas diferentes, em circunstâncias diferentes. Quando você não pode nem largar, é incrível."

Alonso abandonou a terceira prova seguida, perambulando fora da zona de pontuação apenas em Sakhir, mesmo com o início problemático da McLaren na temporada 2017.

Ele reclamou com sua equipe durante a corrida dizendo que "nunca correu com tão pouca potência na vida" e mais tarde descreveu o deficit de desempenho da Honda como "impressionante".

Alonso afirmou que o evento do Bahrein apresentou "problemas de confiabilidade demais".

"E mesmo para Stoffel, que nem mesmo pôde começar a corrida, é uma situação inaceitável", acrescentou. "Vamos ver o que podemos fazer a partir de agora para a Rússia, porque precisamos realmente fazer melhor do que aqui."

Vandoorne frustrado

Vandoorne tentou esquecer toda a frustração com os problemas da Honda após a corrida.

Quando perguntado se sua paciência estava acabando, o belga admitiu: "Definitivamente não é uma situação ideal."

"Não quero que ninguém passe por isso, mas sabíamos no início da temporada que ia ser difícil."

"Este fim de semana realmente mostrou o que é. É uma pena não começar a corrida."

"É frustrante quando você faz todo o trabalho de preparação, os pilotos treinam muito, se mantém em forma para poder competir, então não ser capaz de começar é um pouco frustrante."

compartilhar
comentários
Mercedes admite repensar ordens de equipe após nova derrota

Artigo anterior

Mercedes admite repensar ordens de equipe após nova derrota

Próximo artigo

Brilho na pista e polêmicas fora: a trajetória de Verstappen

Brilho na pista e polêmicas fora: a trajetória de Verstappen
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Localização Bahrain International Circuit
Pilotos Fernando Alonso , Stoffel Vandoorne
Equipes McLaren
Autor Scott Mitchell