Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

ANÁLISE: Confira atualizações das equipes na França e Azerbaijão

McLaren fez atualizações substanciais para disputa com Ferrari, Mercedes protegeu "botão mágico" e AlphaTauri modificou o assoalho

ANÁLISE: Confira atualizações das equipes na França e Azerbaijão

A McLaren apresentou uma atualização substancial no GP da França para ganhar fôlego em sua luta com a Ferrari pelo melhor do resto na Fórmula 1 deste ano. A primeira dessas mudanças foi na frente do MCL35M, quando a equipe finalmente decidiu adotar os "chifres" ou "bigodes" no chassi que vimos outras equipes usarem há algum tempo.

Os introduzidos pela escuderia inglesa compartilham uma semelhança com os usados pela Mercedes, em vez das variantes de elementos múltiplos vistas em outras rivais, como na própria Ferrari ou Alfa Romeo.

Leia também:

Essas "pequenas asas" ajudam a redirecionar o fluxo de ar que passa por aquela região, de forma a deixar o carro mais firme no solo.

MCL35M detail
McLaren MCL35M rear cooling outlet

Neste ponto da temporada, a McLaren tem um melhor controle sobre a refrigeração de sua unidade de potência da Mercedes e optou por diminuir o escape na parte traseira do carro para obter ganhos aerodinâmicos.

Para compensar isso, a equipe tem a opção de abrir os painéis de resfriamento ao lado do cockpit. O mudança na França foi fácil de detectar, já que os componentes eram feitos de carbono bruto, em vez de itens pintados.

Os painéis só puderam ser encontrados no lado esquerdo do carro, sugerindo que os componentes dentro desse sidepod precisem de um pouco mais de assistência de refrigeração do que o lado direito.

Na traseira, a equipe fez uma mudança significativa no design do endplate da asa traseira, optando por um conjunto horizontal de lâminas onde normalmente haveria ranhuras para criar travas.

McLaren MCL35M rear end plate detail

McLaren MCL35M rear end plate detail

Photo by: Giorgio Piola

O painel que incorpora essas lâminas quase parece ser uma imagem espelhada daquele na seção superior do endplate, com as peças curvadas para cima, em vez de para baixo, enquanto o fluxo de ar é movido para fora, em vez de para dentro.

Asa ajustada da Ferrari

Ferrari SF21 front wing comparison

Ferrari SF21 front wing comparison

Photo by: Giorgio Piola

A Ferrari chegou ao GP da França com uma montagem da asa dianteira revisada que apresentava várias mudanças sutis.

A peça de especificação mais recente é a superior das duas na ilustração e mostra como a seção plana do footplace foi removida, aumentando a largura do arco, o que altera a forma, velocidade e direção do vórtice que é criado.

Enquanto isso, a proporção dos flaps que podem ser ajustados também foi alterada, com o ajustador movido mais para fora, o que significa que mais dos dois flaps superiores são afetados quando um ajuste é feito.

Isso permitiria à equipe ajustar o carro um pouco mais para ajudar a melhorar o equilíbrio, ao custo de direcionar o fluxo de ar ao redor do pneu dianteiro na seção externa.

Ferrari SF21 rear wing
The damaged car of Charles Leclerc, Ferrari SF21, on a truck

A Ferrari também fez uma mudança em sua asa traseira, com a seção inferior da placa reduzida significativamente (seta azul).

Proteção de "botão mágico"

Mercedes AMG F1 W12 steering wheel back protection detail, French GP

Mercedes AMG F1 W12 steering wheel back protection detail, French GP

Photo by: Giorigo Piola

A Mercedes optou por fazer uma pequena alteração em seus volantes na França para evitar uma repetição do problema de Lewis Hamilton no reinício do GP do Azerbaijão.

Como você pode ver na inserção, a equipe implantou protetores de botão para evitar que os "freios mágicos" sejam pressionados inadvertidamente.

Evolução da AlphaTauri

Alpha Tauri AT2 floor comparison

Alpha Tauri AT2 floor comparison

A AlphaTauri continuou buscando desempenho para o AT02 e introduziu um novo assoalho em Paul Ricard.

As atualizações cuidaram da área à frente do pneu traseiro. Um flap adicional foi colocado, ao mesmo tempo em que outro foi fixado acima da seção do piso que foi ajustada para cima.

No entanto, esta é mais curta do que a versão anterior, pois uma barra extra foi agora adicionada na borda do assoalho (seta vermelha), o que também resulta no encurtamento da seção.

Recapitulação da corrida

AlphaTauri AT02 new front wing end plate with arrows details, French GP

AlphaTauri AT02 new front wing end plate with arrows details, French GP

Photo by: Giorgio Piola

A equipe introduziu uma nova asa dianteira no GP da Espanha que alterou vários aspectos do design geral, incluindo uma revisão da forma das pontas do flap, as aletas na parte inferior da asa e o formato do footplate. O último foi preparado para defesa, o que também significa que a forma também foi alterada.

O carro de Yuki Tsunoda sendo levantado após seu acidente durante o GP da França nos deu uma ótima visão desta área.

Você notará que o footplate tem uma faixa no meio (seta vermelha), enquanto o fluxo de ar parece ser direcionado a um canal que é moldado na lateral da parte inferior do endplate.

AlphaTauri AT02 front wing detail

AlphaTauri AT02 front wing detail

Photo by: Uncredited

URGENTE! VEJA primeiras fotos do NOVO CARRO da F1 2022 com ANÁLISE de Rico Penteado

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
ANÁLISE: Saiba como asas traseiras estão definindo a luta pelo título na F1
Artigo anterior

ANÁLISE: Saiba como asas traseiras estão definindo a luta pelo título na F1

Próximo artigo

F1 - Hamilton diz que seria inútil se defender de Verstappen na França: “teria me ultrapassado depois”

F1 - Hamilton diz que seria inútil se defender de Verstappen na França: “teria me ultrapassado depois”
Carregar comentários