Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

ANÁLISE: Veja em detalhes a eficaz suspensão traseira da Ferrari na F1 para 2022

Entenda como a equipe de Maranello conseguiu fabricar um dos melhores carros da temporada

ANÁLISE: Veja em detalhes a eficaz suspensão traseira da Ferrari na F1 para 2022
Carregar reprodutor de áudio

A Ferrari conseguiu fazer um dos melhores carros da temporada de 2022 da Fórmula 1, e uma das chaves está na suspensão traseira, o que lhe confere muita aceleração.

A suspensão traseira da equipe de Maranello é interessante e inusitada, como mostra a imagem, na qual você pode ver como o triângulo superior está orientado para a frente do F1-75, enquanto o inferior é exatamente o oposto, com o braço dianteiro coberto pela estrutura de carbono que também inclui o semi-eixo.

Leia também:

Os engenheiros liderados por Enrico Cardile optaram por colocar a cinemática interna da suspensão da biela dentro do eixo traseiro para uma distribuição lógica dos pesos, enquanto movimentava o triângulo inferior para trás, buscando um design que melhorasse a tração, duas características essenciais no monoposto vermelho.

Ecco l'attacco della sospensione posteriore Ferrari a sbalzo della scatola del cambio

Ecco l'attacco della sospensione posteriore Ferrari a sbalzo della scatola del cambio

Photo by: Giorgio Piola

No ano passado vimos, tanto no Mercedes W12 como no Red Bull RB16B, a intenção de aproveitar os braços da suspensão para efeitos aerodinâmicos, com ambas as equipes apostando na ancoragem deste elemento a uma estrutura deformável, mesmo sabendo que teriam algum problemas de rigidez extra.

A Ferrari, portanto, tentou alcançar o mesmo resultado sem correr riscos de confiabilidade, com um braço fora da caixa de câmbio feito de carbono, mas ancorado na parede externa da transmissão por meio de uma ranhura.

Ferrari F1-75, dettaglio della sospensione posteriore con i triangoli molto disassati

Ferrari F1-75, dettaglio della sospensione posteriore con i triangoli molto disassati

Photo by: Giorgio Piola

Os engenheiros da Ferrari conseguiram encontrar uma solução que garante a máxima rigidez da suspensão, mas ao mesmo tempo não tiveram que fazer nenhum sacrifício no que diz respeito à aerodinâmica.

Não é por acaso que o carro de Maranello é um dos mais eficientes.

O formato do F1-75, com tal assoalho, contribui para aumentar o empuxo vertical em baixas velocidades, mas o aspecto mecânico também assumiu um papel essencial na degradação dos pneus, já que com o novo Pirelli 18 polegadas mais rebaixado, é a suspensão que tem que cumprir a função de amortecimento dos pneus.

Conheça as origens da rivalidade entre Verstappen e Leclerc

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - Como explicar desempenho constrangedor de Hamilton em Ímola?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton deixa mensagem enigmática em redes sociais; veja
Artigo anterior

F1: Hamilton deixa mensagem enigmática em redes sociais; veja

Próximo artigo

F1: Diretores de prova testam positivo para Covid e FIA avalia substitutos para GP de Miami

F1: Diretores de prova testam positivo para Covid e FIA avalia substitutos para GP de Miami
Carregar comentários