Andretti rebate 'não' da F1 e detona menção a email não respondido

Equipe também atribui à lerdeza da categoria a impressão de que a entrada no grid seria em 2025; entenda

Andretti Cadillac logo

Andretti Cadillac logo

Andretti Autosport

A Andretti Cadillac contestou as alegações feitas pela Fórmula 1 quando a categoria máxima do automobilismo rejeitou a candidatura da equipe para entrar na elite global do esporte a motor em 2025.

O grupo norte-americano, aliás, deixou claro que agora foca em um ingresso no Mundial em 2026, apesar de a F1 ter deixado a porta aberta para uma entrada da estrutura no grid na temporada 2028.

O editor recomenda:

Quatro meses após a aprovação da inscrição da Andretti pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), a candidatura foi rejeitada pela categoria em um longo comunicado divulgado na quarta-feira.

O 'não' da F1 expôs várias razões pelas quais acreditava que a inscrição tinha de ser recusada, que iam muito além dos aspectos comerciais que a maioria dos observadores esperava que a F1 abordasse.

Uma das principais afirmações foi que a F1 sentiu que a equipe havia 'mordido mais do que poderia mastigar' ao planejar uma entrada para 2025 com um carro construído de acordo com os regulamentos atuais, de modo que posteriormente a escuderia seria obrigada a seguir em frente com o monoposto do ano com regras diferentes que entrarão em vigor a partir do campeonato de 2026.

A F1 observou: “Não acreditamos que exista uma base para qualquer novo candidato ser admitido em 2025, uma vez que isso envolveria um participante novato construindo dois carros completamente diferentes nos seus primeiros dois anos de existência. O fato de o requerente se propor a fazê-lo dá-nos motivos para questionar a sua compreensão da dimensão do desafio envolvido.”

Isso porque a Andretti havia indicado que estava pronta para entrar em 2025 se o cronograma permitisse, mas o time confirmou nesta sexta-feira que internamente já mudou seu foco para uma entrada em 2026. Tal providência efetivamente um dos principais argumentos da categoria.

Em comunicado, a equipe disse: “Quando a Andretti Cadillac entrou no processo de manifestação de interesse da FIA há quase um ano, o primeiro ano preferencial de participação foi indicado como 2025. A FIA aprovou a nossa candidatura, sem limitação específica sobre se a inscrição era para 2025 ou 2026. Mas a Andretti Cadillac já opera com 2026 como ano de entrada há meses. O detalhe de 2025 ainda fazer parte da candidatura é resultado da morosidade deste processo.”

Em outra revelação aparentemente contundente, a F1 disse: “Tendo tido a oportunidade de considerar as respostas do requerente juntamente com as nossas próprias deliberações, posteriormente escrevemos ao solicitante em 12 de dezembro de 2023, fazendo um convite para uma reunião presencial nos nossos escritórios, para que o candidato apresentasse sua proposta, mas esta oferta não foi aceita”.

Essa afirmação parecia questionar a 'vontade' da equipe, mas a Andretti Cadillac afirma não ter conhecimento do convite. Depois que a declaração da F1 foi emitida, a equipe de TI da Andretti encontrou o e-mail, enviado por um membro da F1 e não pelo CEO Stefano Domenicali, na pasta de spam de Michael Andretti. Além disso, nenhuma mensagem seguinte foi enviada posteriormente.

“Não sabíamos da oferta de uma reunião presencial e não recusaríamos uma reunião com a administração da F1", afirmou a escuderia. “Uma reunião presencial para discutir assuntos comerciais seria e continua sendo de suma importância para Andretti Cadillac. Acolhemos com satisfação a oportunidade de nos encontrarmos com a F1 e escrevemos-lhes confirmando o nosso interesse.”

Em meio às dúvidas de que o grupo segue trabalhando em seu projeto de F1, a escuderia também repetiu a mensagem incluída na resposta inicial emitida na quarta-feira, observando: “Nosso trabalho continua em ritmo acelerado”.

As CONSEQUÊNCIAS do 'fico' de Norris: RED BULL vai atrás de QUEM agora que Lando ficará na McLaren?

Podcast #267 - Par ou ímpar: Renovados, quem você escolheria entre Norris e Leclerc?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Decisão judicial mostra que Mercedes teria perdido recurso por Abu Dhabi-2021
Próximo artigo F1: Quanto Hamilton vai ganhar na Ferrari? Saiba detalhes do contrato de Lewis com a Scuderia

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil