F1: Russell é o favorito para substituir Hamilton; veja cenário

Mercedes gostaria de ter seu jovem talento no GP de Sakhir, mas depende de liberação da Williams

F1: Russell é o favorito para substituir Hamilton; veja cenário

Conforme antecipado pelo Motorsport.com, o britânico George Russell, da Williams, é o favorito para substituir o compatriota Lewis Hamilton na Mercedes durante o GP do Sakhir, após o heptacampeão da Fórmula 1 ser diagnosticado com coronavírus.

De acordo com informações da BBC confirmadas pela edição global do Motorsport.com, "as negociações estão em andamento [entre as equipes] e, se for possível chegar a um acordo para Russell pilotar pela Mercedes, não está claro quem o substituirá na Williams."

O editor recomenda:

Segundo a publicação, o substituto de Russell pode ser o belga Stoffel Vandoorne, ex-McLaren e atual reserva da Mercedes que também está cotado para assumir o carro de Hamilton no próximo fim de semana, no Bahrein. O alemão Nico Hulkenberg, que correu dois GPs pela Racing Point em 2020, também seria uma opção, além do britânicos Jack Aitken e Dan Ticktum, vinculados à Williams. 

"O reserva é Aitken, que está em sua terceira temporada na Fórmula 2 e ainda não correu na F1. Vandoorne, que corre pela Mercedes na Fórmula E, poderia ser disponibilizado em uma troca, ou eles poderiam tentar alguém experiente como Hulkenberg, substituto na Racing Point após testes positivos de coronavírus de Sergio Pérez e Lance Stroll. A Williams também tem um piloto em desenvolvimento, Ticktum, outro que corre na Fórmula 2 este ano", diz a BBC.

Novos donos da Williams podem permitir ida de Russell para Mercedes para GP de Sakhir

"Russell era o piloto reserva da Mercedes em 2018 antes de ser liberado para a Williams em um contrato de três anos a partir do início da temporada de 2019, e é positivamente avaliado pela equipe como um candidato para uma possível vaga futura", explicou a publicação.

"O britânico de 22 anos já testou várias vezes para a Mercedes, mas correr com ele no Bahrein neste fim de semana - bem como potencialmente na corrida de encerramento da temporada em Abu Dhabi uma semana depois se Hamilton não se recuperar a tempo - é uma boa oportunidade para o equipe para avaliar seu desenvolvimento em um ambiente competitivo", seguiu a BBC.

"A Mercedes inclusive questionou a Williams sobre Russell antes de confirmarem Valtteri Bottas para a temporada de 2021, mas foi informada de que não estavam preparados para liberá-lo. No entanto, a Williams ainda estava sob a gestão anterior da família antes de sua venda para o grupo de investimentos Dorilton Capital em agosto", destacou a publicação britânica. 

Os possíveis substitutos de Hamilton e detalhes de como Grosjean sobreviveu à batida

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Domínio da Mercedes tira mérito de Hamilton em suas conquistas?

 

.

compartilhar
comentários
Russell na vaga de Hamilton? Veja medos e certezas da Mercedes

Artigo anterior

Russell na vaga de Hamilton? Veja medos e certezas da Mercedes

Próximo artigo

Podcast #078 - O ‘milagre’ Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

Podcast #078 - O ‘milagre’ Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1
Carregar comentários