Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
63 dias
06 mai
Próximo evento em
105 dias
20 mai
Próximo evento em
119 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
133 dias
10 jun
Próximo evento em
140 dias
24 jun
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
161 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
175 dias
29 jul
Próximo evento em
189 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
217 dias
02 set
Próximo evento em
224 dias
09 set
Próximo evento em
231 dias
23 set
Próximo evento em
245 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
252 dias
07 out
Próximo evento em
259 dias
21 out
Próximo evento em
273 dias
28 out
Próximo evento em
280 dias
05 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
301 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
316 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
325 dias

Bottas: Turbulência ainda atrapalha disputas apesar de novas regras

compartilhar
comentários
Bottas: Turbulência ainda atrapalha disputas apesar de novas regras
Por:

Piloto finlandês se queixa de problemas para seguir Lewis Hamilton na China, e crê que Mercedes seja carro mais suscetível a perdas de downforce

Valtteri Bottas acredita que os carros líderes ainda são capazes de "controlar" as corridas por conta da turbulência aerodinâmica causada, apesar da mudança de regras para 2019 que visavam ajudar as ultrapassagens.

O finlandês diz que sua experiência na China, quando uma largada ruim permitiu que seu companheiro de equipe Lewis Hamilton pulasse na ponta, mostrou como ainda há grandes consequências de desempenho quando um carro está atrás do outro.

Leia também:

"Mesmo estando três ou quatro segundos atrás, você está deslizando mais e isso superaquece mais os pneus, e então é mais difícil", disse ele.

"Mas é assim que a F1 é há muito tempo. Quem está na liderança pode controlar um pouco a corrida de alguma forma."

Apesar de suas sensações sobre os benefícios de se correr no ar limpo, Bottas acredita que as mudanças feitas nos regulamentos aerodinâmicos da Fórmula 1 para 2019 tornaram um pouco mais fácil seguir outro carro.

"Eu acho que está um pouco melhor", disse ele. "É algo positivo que o carro não faça nada engraçado quando você está seguindo alguém. Há apenas uma perda geral de downforce”.

"No ano passado, você podia sentir um pouco mais de turbulência, um pouco mais de movimento no carro. Então, está um pouco mais estável, mas você perde um pouco de aderência e downforce.”

"Agora os carros têm mais pressão aerodinâmica que no ano passado. Obviamente quando não há ar para fazer as asas funcionarem, você perde aderência e é assim que acontece."

Bottas reconheceu que, como um carro com um alto nível de downforce, o Mercedes W10 pode sofrer mais do que os rivais.

"Não estive nos outros carros, então não sei como são, mas com certeza parece que temos um bom nível de downforce, porque temos sido muito fortes nas curvas.”

"E eu acho que anda de mãos dadas. Quanto mais downforce você tem, mais porcentagem de downforce você perde quando está atrás de outro carro. Então há uma penalidade maior no tempo de volta."

Temendo quebra, Honda introduz novo motor para Red Bull e Toro Rosso em Baku

Artigo anterior

Temendo quebra, Honda introduz novo motor para Red Bull e Toro Rosso em Baku

Próximo artigo

Haas anuncia Deletraz como piloto de simulador

Haas anuncia Deletraz como piloto de simulador
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Valtteri Bottas
Equipes Mercedes
Autor Adam Cooper