Ecclestone diz que Andretti errou ao não entrar na F1 anos atrás: "Não teriam problemas"

Jornalista Blick acredita que o time americano esteja perdendo o momento para sua entrada

"Lucky" shows former F1 boss Bernie Ecclestone as you’ve never seen him before

"Lucky" shows former F1 boss Bernie Ecclestone as you’ve never seen him before

Para o ex-chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, a Andretti teria tido uma vida mais fácil para entrar na categoria caso tivesse optado por fazer isso anos atrás

A novela da equipe americana está longe do fim. Após receber o aceite da FIA, a Andretti ainda precisa fechar um acordo comercial com a Liberty Media para garantir de fato sua entrada na F1.

Leia também:

A parceria com a Cadillac / General Motors não teve a recepção esperada, com a maioria das equipes ainda se posicionando contra a entrada de um 11º time por preocupações quanto à diluição do fundo de prêmios. Algumas inclusive sugerem que a GM deveria abandonar o barco da Andretti e entrar na F1 com alguma equipe já existente.

"Meu coração sangra quando vejo como a F1 se comporta com meu filho", disse Mario Andretti, campeão de F1 e pai de Michael, que toca as operações da equipe, ao jornal suíço Blick.

Já Ecclestone acredita que a Andretti deveria ter buscado essa entrada anos atrás.

"A Andretti deveria ter comprado uma equipe anos atrás", disse Ecclestone a Roger Benôit, do Blick. "Então eles não teriam esses problemas que têm agora. É claro que as equipes estão reagindo".

Para o jornalista, o momento turbulento na Haas pode representar um vislumbre de esperança para a Andretti, mas vê pouco provável que Gene venda a equipe após a mudança de chefe.

"Gene Haas terá dificuldade em vender a equipe após a demissão de Steiner. Ele já recusou três ofertas e agora segue seu próprio caminho no Mundial, sem disposição para expandir o time. A Haas segue como candidata à última posição novamente".

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Sai Barcelona, entra Madri: F1 muda DNA e pode perder GPs clássicos

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ferrari anuncia extensão de contrato de Leclerc, mas faz mistério sobre duração do novo acordo
Próximo artigo Após Leclerc, Sainz vai renovar com a Ferrari? Como estão os contratos dos pilotos na F1 e até quando eles vão?

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil