Fórmula 1 GP de São Paulo

Em meio a rumores sobre Binotto, Ferrari fala em mudanças na F1

Clima na escuderia italiana de Maranello não é dos melhores; saiba mais

Mattia Binotto, Team Principal, Ferrari

Nesta terça-feira, surgiu a informação de que Mattia Binotto pode deixar a chefia da Ferrari na Fórmula 1 e ser substituído por Fred Vasseur, chefe da Alfa Romeo, na temporada 2023. A escuderia de Maranello negou os rumores, mas o fato é que o clima é de insatisfação no time italiano.

O editor recomenda:

O que não se restringe aos bastidores, uma vez que o desempenho da equipe vermelha na pista segue gerando 'burburinho' na Ferrari. Agora, a 'polêmica' da vez se refere a um erro estratégico na classificação para o GP de São Paulo, disputado no último fim de semana em Interlagos.

Na ocasião, a chuva paulistana impôs um desafio aos times da F1, especialmente no que tange aos pneus, uma vez que a precipitação não era suficiente para garantir que a opção pelos compostos intermediários era a mais recomendável.

Neste contexto, a Ferrari optou por colocar o monegasco Charles Leclerc na pista justamente com os pneus intermediários, diferentemente da maioria das escuderias, cuja opção foi a instalação de borrachas slicks, uma vez que a pista estava secando.

A escolha da escuderia chamou atenção, inclusive do próprio Binotto. Independentemente dos rumores sobre sua saída, o dirigente italiano não compareceu ao GP no Brasil, supervisionando as operação da Ferrari de forma remota na Itália. E o engenheiro 'deixou no ar' possíveis mudanças...

Questionado pelo Motorsport.com, Mattia respondeu: “Obviamente, quando você tem essas condições climáticas, é sempre uma loteria. Acho que o fato de Kevin [Magnussen, da Haas] ter sido pole, com [Lewis] Hamilton oitavo no grid e [Sergio] Pérez em nono, mostra isso, não?".

“Mas erramos, porque éramos os únicos com intermediários. Esses erros, em uma situação atípica, acontecem. Mas esses erros podem se transformar na decisão certa também, porque uma mera mudança no tempo pode alterar o panorama da situação", seguiu.

"De qualquer forma, o que estou vendo, junto com a equipe, foi o processo que nos levou a essa decisão, o que acho mais importante do que a decisão em si. Se foi certa ou errada, mas em especial por que estamos fazendo esse tipo de coisa quando os outros não estão...”, questionou Binotto.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'treta' entre Verstappen e Pérez no GP de São Paulo

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Podcast #204 - Verstappen vilão? O que será da dupla da Red Bull?
Próximo artigo F1: Mercedes não vai priorizar Hamilton em Abu Dhabi por recorde

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil