Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
20 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
34 dias
04 dez
Próximo evento em
76 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
83 dias

VÍDEO: Ex-chefe de motores da Renault na F1, Penteado conta histórias de Alonso, Nelsinho, Kubica e muito mais

compartilhar
comentários
VÍDEO: Ex-chefe de motores da Renault na F1, Penteado conta histórias de Alonso, Nelsinho, Kubica e muito mais

Engenheiro brasileiro trabalhou com pilotos icônicos e tem histórias de sobra na categoria máxima do automobilismo

Único brasileiro a chefiar o departamento de motores de uma montadora da Fórmula 1Ricardo Penteado deu entrevista exclusiva ao Motorsport.com via live de Instagram e falou sobre vários pilotos que se destacaram na categoria máxima do automobilismo nos últimos anos: desde o campeão Kimi Raikkonen até o veterano Robert Kubica, passando por talentos brasileiros como Nelsinho Piquet e Bruno Senna, além de Fernando Alonso.

Leia também:

O engenheiro, que deixou a Renault no fim de 2019 para desenvolver projeto mantido em segredo, deu detalhes de bastidores sobre o modo de trabalho de cada um dos competidores, inclusive Daniel Ricciardo e Carlos Sainz, que movimentaram o mercado de pilotos da F1 nas últimas semanas. No vídeo, você confere tudo isso e muito mais, com histórias de quem viveu de perto a elite do esporte a motor mundial. Assista à imperdível entrevista abaixo:

Raikkonen

"O Raikkonen teria sido oito vezes campeão do mundo se tivesse nascido 20 anos antes. Na época (2012 e 2013), tinha ele e o Romain Grosjean [na Lotus-Renault]. Eu era engenheiro do Kimi e também já era chefe da Renault na época, mas eu 'tocava' o carro do Kimi". 

"O F1 é um avião de caça. O piloto tem que estar bem integrado com a máquina. Tem que saber os botões e tem que pilotar bem. O Kimi 'era campeão do mundo de acrobacia'. O tipo de cara que não precisa ter um monte de reloginho." 

"O cara (Raikkonen) tem que ter o cronômetro, o giro e velocidade. Ele tem uma capacidade de '3D' e de timing que é absurda. Em termos de talento natural, o bicho tem uma capacidade de noção de espaço, de saber onde está o carro do lado, da frente, de trás... onde ele está 'no tempo'. Quando ele faz uma curva, se ele passou um milésimo de segundo mais rápido do que na volta de antes, aceleração...".

"E o Romain é astronauta. Do lado técnico, como que a aerodinâmica funciona, como é que o escapamento funciona, como é, na curva, a pressão do pneu... Astronauta, sabe? E o F1 é o avião de caça, então você tem que achar o meio-termo nessa história." 

Ricciardo

"Ele é trabalhador, mas a impressão que ele dá não é de um cara que é muito sério, sabe? Ele trabalha, treina e não tem problema nenhum. Mas eu, que trabalhei com Kubica, Bruno [Senna] e até o Kimi, dava uma sensação diferente".

"Eu não sentia a aplicação dele em um nível técnico tão forte quanto eu esperava. Quando o Kubica chegou na Renault em 2010, a gente passou quatro horas conversando com ele e o cara contava muita coisa para a gente sobre como era nas outras equipes pelas quais ele correu".

"Dados técnicos muito importantes, até do motor, da caixa [de câmbio]. Não era espionagem, eram coisas que ele tinha que falar. Era muito interessante e muito rico. Com o Daniel, não foi assim, eu esperava que ele trouxesse mais coisa da Red Bull, mas não teve esse feedback".

"Só que o cara tem um talento natural que está lá, sabe? O cara é talentoso para caramba. Ele consegue fazer acontecer uma volta. Ele tem uma inteligência de corrida muito bacana. Mas vou falar que ele não seria meu piloto preferido", disse, antes de comentar sobre Sainz.

Uma análise sobre o novo piloto da Ferrari

"O Carlos é um cara no qual eu boto mais fé do que no Daniel. Não sei se é por que o jeito de ele trabalhar combina com o meu. A afinidade que eu tenho com ele em termos de trabalho era muito melhor do que a que eu poderia ter com o Daniel".

"O Carlos teve dois mentores muito importantes: o pai dele [Carlos Sainz, multicampeão de rali] e o Fernando [Alonso]. Além de uma ajuda que é muito legal na equipe dele que é o primo dele, que se chama Carlos [Oñoro, agente do piloto da F1] também".

"Então essa esfera que ele tem é muito bacana. Eles pensam muito em Fórmula 1, em postura, no que fazer para estar sempre progredindo, para sempre sendo o melhor. E você vê nitidamente que o trabalho dele é para ser campeão do mundo, que é para ser o melhor".

"Seja em comportamento, preparação física, atitude... Você vê que o cara não fica só em sair do carro, fazer o feedback e acabou, sabe? Eu acompanhei ele na Toro Rosso, quando a gente [Renault] estava fornecendo motor para Toro Rosso".

"E na Renault e na McLaren também. Você percebe bem a maturidade que ele tem. Para a idade dele, é fora de série. E com certeza foi por causa de tudo que ele trocou de conversa e bate-papo com o pai dele e o Fernando. O cara é bom para caramba", completou Penteado, que também falou mais sobre Alonso, Kubica e outros pilotos de renome na entrevista ao editor-chefe do Motorsport.com, Felipe Motta.

Nelsinho, Bruno Senna e cia: relembre todos os pilotos brasileiros da história da F1

Galeria
Lista

Chico Landi - de 1951 a 1956 - 6 corridas

Chico Landi - de 1951 a 1956 - 6 corridas
1/31

Foto de: LAT Images

Gino Bianco - 1952 - 4 corridas

Gino Bianco - 1952 - 4 corridas
2/31

Foto de: LAT Images

Hermano da Silva Ramos - 1956 e 1957 - 7 corridas

Hermano da Silva Ramos - 1956 e 1957 - 7 corridas
3/31

Foto de: LAT Images

Fritz d'Orey (#40) - 1959 - 3 corridas

Fritz d'Orey (#40) - 1959 - 3 corridas
4/31

Foto de: LAT Images

Emerson Fittipaldi - de 1970 a 1980 - 144 corridas, 2 títulos (1972-1974) e 14 vitórias

Emerson Fittipaldi - de 1970 a 1980 - 144 corridas, 2 títulos (1972-1974) e 14 vitórias
5/31

Foto de: LAT Images

Wilson Fittipaldi - de 1972 a 1975 - 35 corridas

Wilson Fittipaldi - de 1972 a 1975 - 35 corridas
6/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

José Carlos Pace - de 1972 a 1977 - 72 corridas - 1 vitória

José Carlos Pace - de 1972 a 1977 - 72 corridas - 1 vitória
7/31

Foto de: David Phipps

Luiz Pereira Bueno - 1973 - 1 corrida

Luiz Pereira Bueno - 1973 - 1 corrida
8/31

Foto de: LAT Images

Ingo Hoffmann - 1976 e 1977 - 3 corridas

Ingo Hoffmann - 1976 e 1977 - 3 corridas
9/31

Foto de: LAT Images

Alex Dias Ribeiro - de 1976 a 1979 - 10 corridas

Alex Dias Ribeiro - de 1976 a 1979 - 10 corridas
10/31

Foto de: LAT Images

Nelson Piquet - de 1978 a 1991 - 204 corridas, 3 títulos (1981, 1983 e 1987), 23 vitórias

Nelson Piquet - de 1978 a 1991 - 204 corridas, 3 títulos (1981, 1983 e 1987), 23 vitórias
11/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Chico Serra - de 1981 a 1983 - 18 corridas

Chico Serra - de 1981 a 1983 - 18 corridas
12/31

Raul Boesel - de 1982 a 1983 - 23 corridas

Raul Boesel - de 1982 a 1983 - 23 corridas
13/31

Foto de: indyracing.com photo by Ron McQueeney

Roberto Moreno - de 1982 a 1995 - 42 corridas

Roberto Moreno - de 1982 a 1995 - 42 corridas
14/31

Foto de: LAT Images

Ayrton Senna - de 1984 a 1994 - 3 títulos (1988, 1990 e 1991) 161 corridas, 41 vitórias

Ayrton Senna - de 1984 a 1994 - 3 títulos (1988, 1990 e 1991) 161 corridas, 41 vitórias
15/31

Foto de: LAT Images

Mauricio Gugelmin - de 1988 a 1992 - 74 corridas

Mauricio Gugelmin - de 1988 a 1992 - 74 corridas
16/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Christian Fittipaldi - de 1992 a 1994 - 40 corridas

Christian Fittipaldi - de 1992 a 1994 - 40 corridas
17/31

Foto de: LAT Images

Rubens Barrichello - de 1993 a 2011 - 324 corridas - 11 vitórias

Rubens Barrichello - de 1993 a 2011 - 324 corridas - 11 vitórias
18/31

Foto de: Lorenzo Bellanca / Motorsport Images

Pedro Paulo Diniz - de 1995 a 2000 - 98 corridas

Pedro Paulo Diniz - de 1995 a 2000 - 98 corridas
19/31

Foto de: LAT Images

Ricardo Rosset - de 1996 a 1998 - 26 corridas

Ricardo Rosset - de 1996 a 1998 - 26 corridas
20/31

Foto de: LAT Images

Tarso Marques - de 1996 a 2001 - 24 corridas

Tarso Marques - de 1996 a 2001 - 24 corridas
21/31

Foto de: Earl Ma

Ricardo Zonta - de 1999 a 2005 - 36 corridas

Ricardo Zonta - de 1999 a 2005 - 36 corridas
22/31

Foto de: BAR

Luciano Burti - 2000 e 2001 - 15 corridas

Luciano Burti - 2000 e 2001 - 15 corridas
23/31

Foto de: Jaguar

Enrique Bernoldi - de 2001 a 2002 - 28 corridas

Enrique Bernoldi - de 2001 a 2002 - 28 corridas
24/31

Foto de: Malcolm Griffiths / Motorsport Images

Felipe Massa - de 2002 a 2017 - 269 vitórias - 11 vitórias

Felipe Massa - de 2002 a 2017 - 269 vitórias - 11 vitórias
25/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Cristiano da Matta - 2003 e 2004 - 28 corridas

Cristiano da Matta - 2003 e 2004 - 28 corridas
26/31

Foto de: Brousseau Photo

Antonio Pizzonia - de 2003 a 2005 - 20 corridas

Antonio Pizzonia - de 2003 a 2005 - 20 corridas
27/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Nelsinho Piquet - 2008 e 2009 - 28 corridas

Nelsinho Piquet - 2008 e 2009 - 28 corridas
28/31

Foto de: DPPI

Bruno Senna - de 2010 a 2012 - 46 corridas

Bruno Senna - de 2010 a 2012 - 46 corridas
29/31

Foto de: XPB Images

Lucas di Grassi - 2010 - 18 corridas

Lucas di Grassi - 2010 - 18 corridas
30/31

Foto de: XPB Images

Felipe Nasr - 2015 e 2016 - 39 corridas

Felipe Nasr - 2015 e 2016 - 39 corridas
31/31

Foto de: Jose Maria Rubio

PODCAST Motorsport.com entrevista Felipe Massa, contemporâneo de Penteado na F1

 

.

Distanciamento social eliminará cerimônia de pódio tradicional da F1

Artigo anterior

Distanciamento social eliminará cerimônia de pódio tradicional da F1

Próximo artigo

F1: Ex-companheiro, Webber crê que Vettel terá ano sabático em 2021

F1: Ex-companheiro, Webber crê que Vettel terá ano sabático em 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1