F1: A importante carta na manga que Red Bull pode ter contra Ferrari

Neste momento, a Red Bull possui uma desvantagem em comparação à Ferrari que pode se tornar uma grande vantagem à medida que 2022 avance

Carregar reprodutor de áudio

Passadas as quatro primeiras corridas da temporada 2022 da Fórmula 1, tudo parece indicar que Ferrari e Red Bull são as favoritas ao título e, salvo alguma surpresa maior, nenhuma outra equipe deve se intrometer em uma batalha que até agora não poderia ter sido mais nivelada.

Apesar da falta de confiabilidade que arruinou alguns bons resultados do time austríaco, a estrutura da Red Bull está em segundo no Mundial de Construtores com 113 pontos, apenas 11 atrás da Ferrari.

Leia também:

Mesmo assim, a Red Bull parece ter uma importante carta na manga que explicaria a tranquilidade que circula pelos nomes mais importantes do time, mesmo nos momentos de abandono ou quando foram superados por Charles Leclerc e Carlos Sainz.

Desde que chegaram em Barcelona, a Red Bull praticamente atirou pedras em seu próprio telhado de vidro, explicando que não seriam candidatos ao título devido ao peso extra existente no RB18, superando amplamente o peso mínimo determinado pelo regulamento de 2022.

Aproveitando do fato de não ser a única equipe com sobrepeso, a Red Bull, com a ajuda de outras equipes, chegaram a um acordo com F1 e FIA, aumentando o peso mínimo dos carros de 795 para 798 quilos. Mas isso também não parece ter sido suficiente, porque nas últimas semanas seguiram insistindo para aumentar ainda mais.

Esse é um claro exemplo do problema que eles atravessam com o peso do carro e que, por outra parte, os colocam em boa posição, já que mesmo com um déficit que repercute na performance do carro, eles conseguiram dominar a Ferrari em Ímola.

A Ferrari reconhece que também não chegaram próximos ao peso mínimo, mas com um déficit bem menor que o da Red Bull, o que dá ao time austríaco uma margem de manobra muito maior.

Por isso, com os avanços que a Red Bull faça com o RB18, tudo parece indicar que eles poderão obter melhoras maiores que a Ferrari, em um campo que o time italiano não tem a seu alcance, o que poderia criar uma situação muito benéfica na reta final do ano.

Sergio Pérez, Red Bull Racing RB18, Charles Leclerc, Ferrari F1-75

Mercedes CORRE para ter ATUALIZAÇÕES em Miami; Ferrari quer DAR TROCO na Red Bull e Alfa ESPERNEIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - Como explicar desempenho constrangedor de Hamilton em Ímola?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Horner vê "respeito genuíno" na luta entre Verstappen e Leclerc
Artigo anterior

F1: Horner vê "respeito genuíno" na luta entre Verstappen e Leclerc

Próximo artigo

GP de Miami de F1: Horários e como assistir a estreia da etapa, com abertura de temporada da W Series

GP de Miami de F1: Horários e como assistir a estreia da etapa, com abertura de temporada da W Series