F1: Albon está pronto para retorno no GP de Singapura após cirurgia

Mas tailandês diz que não subestima desafio de Marina Bay, enquanto Williams mantém de Vries de sobreaviso caso necessário

Alexander Albon, Williams

Alex Albon está pronto para voltar a correr pela Williams na Fórmula 1 no GP de Singapura deste fim de semana, após perder parte da etapa de Monza por conta de uma apendicite, que o levou a fazer uma operação de última hora.

O tailandês participou das atividades de sexta-feira na Itália, mas foi levado ao hospital na manhã do sábado para a cirurgia, deixando Nyck de Vries como seu substituto de última hora, em uma performance do holandês que impressionou, ao terminar em nono em sua estreia na F1.

Leia também:

Após sua operação, Albon ainda teve um caso de insuficiência respiratória, precisando ser levado à UTI por uma noite. Mas teve uma melhora rápida, recebendo alta do hospital dias depois. Com isso, ele pôde usar a pausa da F1 para se preparar para o GP de Singapura, o mais duro para os pilotos na temporada.

Albon diz que não subestima o desafio de voltar ao volante em Marina Bay, uma das corridas mais quentes do ano apesar da prova ser noturna.

"Primeiro, quero agradecer a todos pelas mensagens e apoio durante o fim de semana do GP da Itália", disse. "Minha preparação para Singapura foi um pouco diferente do normal, mas estou me sentindo bem, e fiz de tudo para ficar pronto para uma das corridas mais físicas do calendário".

"Não estou subestimando o desafio, mas mal posso esperar para ir à pista na sexta e voltar a pilotar. É um grande circuito de rua e a corrida mais próxima de casa pra mim na Tailândia, então estou animado para chegar e ver os fãs".

Caso Albon não consiga dar sequência ao fim de semana, de Vries estará novamente de prontidão para substituí-lo. Enquanto o FW44 se mostrou bom em Spa e Monza, o que ajudou o holandês, a Williams espera uma corrida mais desafiadora em Singapura.

"Como equipe, gostamos do fim da temporada europeia, com o FE44 bem em Spa e Monza e Nyck de Vries provando ser um substituto à altura de Alex", disse Dave Robson, diretor de performance da Williams.

"Agora com nosso foco em Singapura, esperamos um fim de semana mais desafiador, mas também sabemos que um circuito de rua como Singapura pode trazer oportunidades de irmos bem, e buscaremos maximizar essas chances".

BEBEDEIRA e ZOEIRA: Rubinho e Massa citam Kimi, Schumi e Alonso como PARÇAS. Mas quem são os CHATOS?

Podcast #197 - Na berlinda, qual será o futuro de Ricciardo e Schumacher?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Mercedes renova com Petronas para nova era da F1, em 2026
Próximo artigo ANÁLISE F1: Principais mudanças que permitiram domínio da Red Bull em 2022

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil