Fórmula 1 GP da Espanha

F1: Albon larga do pitlane no GP da Espanha após Williams mexer na unidade de potência

Tailandês excedeu o limite de dois componentes da unidade de potência permitidos para a temporada

Alex Albon, Williams FW46, Nico Hulkenberg, Haas VF-24

Alex Albon largará do pitlane para o GP da Espanha de Fórmula 1 após a Williams adicionar uma nova bateria e componentes eletrônicos de controle fora da alocação permitida para a temporada de 2024.

O piloto da Williams se classificou em 19º lugar no grid em uma sessão difícil para a equipe de Grove, na qual ficou na última fila, com Logan Sargeant registrando o tempo mais lento na classificação.

Leia também:

Desde então, Albon foi equipado com um novo armazenamento de energia e controle eletrônico para a corrida, seu terceiro conjunto de cada; os pilotos só podem usar dois de cada durante toda a temporada sem sofrer penalidades.

O relatório dos comissários da FIA dizia: "Os elementos da unidade de potência foram substituídos sem a aprovação do delegado técnico da FIA, o que não está em conformidade com o Artigo 40.3 do Regulamento Esportivo da Fórmula 1 de 2024".

"Portanto, o carro número 23 deve agora ser obrigado a iniciar a corrida a partir dos boxes, de acordo com o Artigo 40.9 do Regulamento Esportivo da Fórmula 1 de 2024."

Embora Albon tenha terminado no 12º lugar na primeira saída, a Williams colocou o anglo-tailandês em um plano alternativo, o que o deixou suscetível à melhora dos rivais nos minutos finais.

Alex Albon, Williams FW46

Alex Albon, Williams FW46

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Isso garantiu que Albon fosse eliminado logo na primeira etapa, mesmo ficando a apenas um segundo do melhor tempo do Q1, estabelecido por Lewis Hamilton.

"Isso mostra como o meio do grid está forte agora; meu carro estava bom, meu equilíbrio estava bom", disse Albon. "Não acho que, em termos de pneus, estávamos em uma posição ideal. Acho que aquecemos um pouco os pneus, então na Curva 1 e na Curva 2, eu estava lutando um pouco com o equilíbrio. Depois disso, fiquei satisfeito com a volta. Mas é isso que está acontecendo agora. O grid está muito apertado".

"Quando olho do ano passado para este ano, vejo que demos um grande passo. A sensação de pilotagem é realmente muito melhor, mas obviamente ainda estamos carregando algum peso".

Isso deve fazer com que Sargeant suba uma posição, apesar de o piloto americano ter sido penalizado com uma queda de três posições no grid por ter bloqueado Lance Stroll no quali na Curva 10.

Q4: Norris bate Verstappen no fim e fica com a pole na Espanha; veja debate

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

VERDADE OU MITO: Brasil-1991 é a MAIOR VITÓRIA de SENNA? Glórias de AYRTON em DEBATE | Podcast F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Norris vê oito candidatos possíveis à vitória no GP da Espanha
Próximo artigo F1 - Verstappen cobra Red Bull em meio à aproximação dos rivais: "Todos estão atualizando mais que nós"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil