F1: Aston Martin admite "conversas" com Hulkenberg para ocupar vaga de reserva

Piloto alemão pode retornar à F1 como piloto reserva em 2021

F1: Aston Martin admite "conversas" com Hulkenberg para ocupar vaga de reserva

Nico Hulkenberg está sem um assento oficial na Fórmula 1 desde que perdeu sua vaga na Renault, mas de acordo com o chefe da equipe da Aston Martin Otmar Szafnauer, o alemão pode voltar à categoria para ser o piloto reserva da equipe na temporada de 2021.

Hulkenberg, que estava fora das corridas de F1 desde o final de 2019, surpreendeu com seu retorno no ano passado no GP da Grã-Bretanha. O ex-piloto da Renault foi chamado no último minuto para substituir Sergio Pérez na Racing Point, depois que o mexicano testou positivo para o coronavírus.

O novo piloto da Red Bull não pôde correr no GP da Grã-Bretanha, em agosto de 2019, depois de ter testado positivo para coronavírus.

Embora nunca tenha guiado o carro da escuderia britânica, o Hulkenberg ficou entre os dez primeiros em todas as três sessões de treinos antes da 13ª classificação, caindo menos de um décimo de seu companheiro de equipe, Lance Stroll.

No domingo, no entanto, problemas no motor impediram o piloto alemão de participar da corrida, mas ele se vingou na próxima etapa ao continuar no lugar de Pérez no GP de 70 anos da F1, também disputado em Silverstone.

Hulkenberg se classificou em uma fantástica terceira posição no sábado e terminou em sétimo na corrida de domingo, uma posição atrás de Stroll.

Mais tarde na temporada, Hulkenberg foi convocado novamente pela Racing Point para substituir Stroll em outubro no GP de Eifel, em Nurburgring, embora desta vez ele tivesse que participar diretamente da sessão de classificação, onde foi o 20º e último. Na corrida, Nico recuperou algumas posições e avançou para o oitavo lugar em um GP de condições variáveis.

As atuações de Hulkenberg como substituto na escuderia britânica o levaram a ter "breves conversas" com a Red Bull, como disse o chefe da equipe Christian Horner, sobre a possibilidade de substituir Alexander Albon este ano, algo que acabou se encaixando para "Checo" Pérez.

No entanto, existe agora a possibilidade de o piloto de 33 anos voltar a assinar contrato com uma equipe de Fórmula 1, desta vez como piloto reserva.

"Pode ser", respondeu Szafnauer em uma entrevista à RTL sobre a chance de Hulkenberg como reserva na ex-Racing Point Aston Martin.

"Não há nada a anunciar ainda, mas fiquem de olho nesse espaço. Estamos próximos do Nico e estamos conversando com ele. Seria ótimo para todos nós", acrescentou.

A intenção da equipe de Silverstone é ter Hulkenberg como parte de sua organização, caso seus pilotos titulares, Sebastian Vettel e Stroll, precisem se ausentar de uma corrida.

A história de Hulkenberg com a equipe que agora é Aston Martin vai além do que fez no ano passado com a então Racing Point, já que o alemão correu pela equipe em 2012 e depois entre 2014 e 2016 quando foi chamada de Force India.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 na BAND? O que esperar da COBERTURA da categoria na possível VOLTA à emissora:

PODCAST: Bottas reagirá na Mercedes? Como compará-lo a Barrichello, Webber e cia?

 

compartilhar
comentários
F1: Aston Martin quer tornar corridas "divertidas novamente" para Vettel
Artigo anterior

F1: Aston Martin quer tornar corridas "divertidas novamente" para Vettel

Próximo artigo

Reginaldo Leme de volta à F1 pela Band? Veja os GPs favoritos do comentarista de automobilismo mais importante do Brasil

Reginaldo Leme de volta à F1 pela Band? Veja os GPs favoritos do comentarista de automobilismo mais importante do Brasil
Carregar comentários