Fórmula 1 GP de Singapura

F1: Aston Martin 'sai em defesa' de Stroll após acidente em Singapura

Chefe da equipe alegou que o que aconteceu mostrou o tamanho do comprometimento do canadense com o esporte

O grave acidente de Lance Stroll durante a classificação para o GP de Singapura de Fórmula 1, que o levou a perder a corrida no domingo, provou o comprometimento do piloto com a categoria de acordo com o chefe da Aston Martin, Mike Krack.

Leia também:

Stroll sentiu que sua última volta rápida no Q1 foi muito prejudicada pela má preparação dos pneus, pelo tráfego e pelo ar sujo. Isso fez com que o canadense "mandasse ver" nas últimas curvas de Marina Bay.

Mas, ao passar pelo meio-fio e pela zebra, a traseira de seu AMR23 saiu do lugar e ele bateu no muro fortemente antes de os destroços deslizarem de volta pelo circuito, provocando uma bandeira vermelha. Embora Stroll não tenha se lesionado, na manhã de domingo ele e a equipes tomaram a decisão de não participar da corrida.

Perguntado pelo Motorsport.com se a aposta do canadense para ganhar tempo na última curva, arriscando o acidente, foi a abordagem correta, Krack disse que isso eliminou qualquer dúvida de que Stroll não está comprometido com a F1.

"É a prova de que ele está totalmente comprometido. Portanto, para todos os que estão pensando que ele não está, para entrar nessa curva a essa velocidade, é preciso ter algum comprometimento. Acho que essa é mais uma prova de que ele está totalmente empenhado."

Stroll foi elogiado por sua determinação em participar da abertura da temporada de 2023 no Bahrein depois que um acidente de ciclismo, no qual ele quebrou os punhos, o obrigou a perder os testes de pré-temporada. Mas no GP da Holanda, no final de agosto, Lance Stroll foi forçado a afastar os rumores de que estava pronto para deixar a F1 para seguir a carreira de jogador de tênis.

Lance Stroll, Aston Martin F1 Team

Lance Stroll, Equipe de F1 da Aston Martin

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

"Lance é muito forte. Ele é muito mais forte do que as pessoas pensam. Vocês o viram [realizando tarefas de mídia após o acidente]. Não estou nem um pouco preocupado... ele vai ficar bem."

Stroll passou em todos os testes primários e secundários da FIA e foi liberado para a corrida, mas as discussões com a Aston Martin na manhã de domingo o levaram a desistir. Mas Krack diz que há "zero" chance de Stroll perder o GP do Japão neste fim de semana.

"Ele está dolorido. Se você tem um incidente como esse, tem que pensar que está estressando seus músculos em todos os lugares. É como se você passasse um dia muito difícil na academia e não se sentisse bem. Acho que é a decisão certa para estar pronto para o Japão. O mais importante é que ele esteja bem. Tudo o mais é secundário."

O chassi do AMR23 foi recuperado e a Aston Martin diz que incluiu uma grande operação de reparo do acidente em seu limite de custos.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Wolff compara caso Massa a "assistir uma novela" e alerta para possível "caos" que veredito pode causar
Próximo artigo F1: Imprensa italiana se rende à "obra-prima" de Sainz na vitória em Singapura

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil