F1: Chefe da Mercedes diz que "excepcional" se tornou padrão para Hamilton

Piloto britânico conquistou 97ª vitória da carreira no GP de Portugal

F1: Chefe da Mercedes diz que "excepcional" se tornou padrão para Hamilton

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, acredita que “não faz sentido” discutir o desempenho “excepcional” de Lewis Hamilton na Fórmula 1, dizendo que agora eles são seu padrão regular.

Hamilton conquistou a 97ª vitória de sua carreira no GP de Portugal, no domingo (02). Depois da prova, o heptacampeão disse que achou a corrida desgastante do ponto de vista físico e mental.

Leia também:

Questionado se foi a exibição 'mágica' do piloto britânico que fez a diferença contra a Red Bull em Portimão, o chefe da Mercedes, Wolff, disse que seu desempenho de alto nível era simplesmente o padrão que ele mesmo estabeleceu.

“Acho que tínhamos um bom carro, [foi] a primeira vez que realmente fomos capazes de competir pela pole”, disse Wolff.

“Talvez estivéssemos com um décimo de diferença. Um bom carro de corrida, mas, novamente, também muito próximo dos Red Bulls, e ele fez uma corrida impecável."

“Não faz sentido falar sobre essas atuações excepcionais de Lewis, porque têm sido bastante regulares."

“É o padrão dele agora, e acho que ele define esse padrão para si mesmo.”

O resultado marcou a segunda vitória de Hamilton na temporada de 2021, e o britânico abriu uma vantagem de oito pontos no campeonato de pilotos sobre o principal rival Verstappen.

Wolff disse que espera que as lutas nas pistas entre Hamilton e Verstappen continuem respeitosas, já que ambos sabem o quanto um abandono poderia custar na conquista do título.

“Acho que eles não estão cruzando a linha na pista ainda, porque o risco de perder pontos é muito grande”, disse.

“Mas vai ficar cara a cara, e certamente a rivalidade pode aumentar ou não."

“Vejo Lewis completamente relaxado com a situação."

“É apenas um lugar divertido.”

A equipe alemã também conseguiu estender sua liderança no campeonato de construtores sobre a escuderia austríaca para 18 pontos graças a um pódio contando com os dois pilotos, com Bottas ficando em terceiro lugar.

Questionado pelo Motorsport.com se ele esperava estar em tal posição no campeonato tendo em vista os testes de pré-temporada, Wolff respondeu: “Não, eu não teria acreditado nisso, porque de certa forma confio nas probabilidades e matemática."

“Com base nesses fatos, não esperava estar na pole duas vezes e vencer duas corridas. Não foi isso que meu cérebro teria me dito", concluiu. 

F1 2021: HAMILTON bate VERSTAPPEN e BOTTAS com vitória DOMINANTE em PORTUGAL após 'susto' | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

 

 

compartilhar
comentários
F1 2021: Confira os horários e como acompanhar GP da Espanha

Artigo anterior

F1 2021: Confira os horários e como acompanhar GP da Espanha

Próximo artigo

F1: Red Bull defende que não usou Pérez para atrapalhar Hamilton em Portimão

F1: Red Bull defende que não usou Pérez para atrapalhar Hamilton em Portimão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Portugal
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Luke Smith