F1: Coulthard vê reação “exagerada” sobre 'caso Horner'

Piloto que marcou época na equipe quer entender primeiro o que realmente aconteceu para que a investigação acontecesse

David Coulthard, TV Presenter, interviews Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

David Coulthard, TV Presenter, interviews Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Steven Tee / Motorsport Images

David Coulthard, ex-piloto da Fórmula 1 da Red Bull, acredita que houve “reações exageradas” após saber da investigação de Christian Horner por suposto comportamento inapropriado. “Todos merecem um momento para explicar sua posição”, disse ele.

Leia também:

Horner está no meio de uma investigação independente encomendada pela empresa Red Bull para determinar se o chefe da Red Bull Racing se envolveu em comportamento inadequado com alguém da equipe.

No momento não se sabe exatamente por que Horner está sendo investigado, já que a Red Bull só informou que iniciou o processo “após tomar conhecimento de certas acusações recentes”.

O chefe da equipe que dominou a última temporada de F1 com 21 vitórias em 22 GPs esteve reunido nesta sexta-feira com o advogado especialista externo que lidera a investigação, uma reunião que se acredita ter durado mais de oito horas.

Coulthard, que foi um dos pilotos escolhidos por Horner quando a Red Bull chegou à F1 em 2005 e permaneceu até sua aposentadoria no final de 2008, continuando desde então vinculado à organização, destacou que é necessário manter a calma até que se saiba mais sobre a investigação.

“Já vi todos os tipos de reações exageradas nas redes sociais, você sabe, pessoas pedindo que Christian renunciasse e fosse suspenso, todo esse tipo de coisa”, disse Coulthard no podcast Formula for Success que ele apresenta com Eddie Jordan.

"Mas, como sempre, todos merecem um momento para explicar a sua posição. Não sei nada sobre a outra parte envolvida. Então, talvez na próxima semana teremos alguma clareza sobre essa situação específica", acrescentou.

Jordan, por sua vez, destacou a importância de conhecer o veredito da investigação antes da Red Bull fazer sua apresentação para a temporada de 2024 da F1, que está marcada para quinta-feira, 15 de fevereiro.

"Eu concordo com o que você acabou de dizer. Essa é a regra básica, certo? Até provarem o contrário, o caso está absolutamente sub judice", começou o ex-dono da equipe de F1.

“Dito isto, eles precisam ter uma conclusão sobre isso, de uma forma ou de outra, até a próxima semana, porque seria muito difícil ver, com o lançamento do carro, se Christian estará lá sem uma resposta para toda essa situação”, continuou.

“Tem todo tipo de acusação por aí, as pessoas estão pulando sobre o cavalo e dizendo suas teorias, que são teorias da conspiração ou como você quiser chamar. Então, há de se dizer para as pessoas que esta história veio da companhia de bebidas Red Bull e não a Red Bull Racing. Por isso um advogado foi contratado, porque para os recursos humanos, para o grupo, para a empresa, para o que a marca representa e seu produto é extremamente importante."

“Eles precisam ter uma resposta até a próxima semana, antes do lançamento. Não acho que Christian possa estar no lançamento do carro, considerando para que serve o lançamento, que é mostrar o carro, mostrar a glória da Red Bull e suas esperanças de futuro para 2024, caso não houvesse resposta do advogado. Então ele está pressionado, precisa encontrar uma solução", finalizou.

Rico Penteado e Felipe Motta comentam Hamilton na Ferrari?

Watch: Rico Penteado e Felipe Motta comentam Hamilton na Ferrari

Podcast #268 – O que será do futuro de Horner e Red Bull?

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Por que os GPs do Bahrein e Arábia Saudita serão realizados aos sábados?
Próximo artigo F1: Liberty Media acompanha ‘caso Horner’ atentamente; saiba mais detalhes

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil