Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
55 dias
06 mai
Próximo evento em
97 dias
20 mai
Próximo evento em
111 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
125 dias
10 jun
Próximo evento em
132 dias
24 jun
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
167 dias
29 jul
Próximo evento em
181 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
209 dias
02 set
Próximo evento em
216 dias
09 set
Próximo evento em
223 dias
23 set
Próximo evento em
237 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
244 dias
07 out
Próximo evento em
251 dias
21 out
Próximo evento em
265 dias
28 out
Próximo evento em
272 dias
05 nov
Próximo evento em
280 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
293 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
308 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
317 dias

F1 decide misturar compostos de pneus para corridas em Silverstone

compartilhar
comentários
F1 decide misturar compostos de pneus para corridas em Silverstone
Por:

Categoria seguiu com plano de alterar opções de compostos de pneus nos dois GPs realizados na Inglaterra

A F1 voltará no início de julho com dois GPs seguidos na Áustria, o GP da Hungria e depois com duas corridas na Inglaterra, o GP da Grã-Bretanha e o GP de 70 anos da F1.

As corridas em Silverstone terão uma novidade em relação aos pneus. Para modificar as estratégias entre os times entre uma corrida e outra, as opções de compostos serão modificados entre as provas.

Leia também:

A combinação C1, C2, C3 usada no ano passado será repetida na primeira etapa inglesa, enquanto uma combinação mais macia C2, C3 e C4 tomará conta da segunda prova.

Outra mudança também acontecerá no GP da Bélgica, de C1, C2, C3 usado no ano passado para C2, C3 e C4.

Ambas as corridas austríacas terão o C2, C3 e C4 apresentada em 2019, assim como a Hungria e a Itália. A Espanha permanece com o C1, C2, C3 usado no ano passado.

Mario Isola, chefe da Pirelli na F1, comentou a decisão de divulgar os compostos da parte europeia do campeonato de uma vez.

"Com tantas variáveis ​​no início desta temporada, e um calendário flexível que não deixa muito tempo para reagir às mudanças de circunstâncias, foi acordado com as equipes, o promotor e a FIA para anunciar as indicações compostas para as oito primeiras corridas deste ano todos juntos."

Entenda como a Williams chegou até o ‘buraco’ da venda na F1

PODCAST: A liderança de Hamilton pode transformá-lo em uma influência maior que Senna fora da F1?

 

Caio Collet correrá pela Renault no último GP virtual da F1 no Canadá

Artigo anterior

Caio Collet correrá pela Renault no último GP virtual da F1 no Canadá

Próximo artigo

F1 não terá GPs do Japão, Singapura e Azerbaijão e totaliza sete provas canceladas em 2020

F1 não terá GPs do Japão, Singapura e Azerbaijão e totaliza sete provas canceladas em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper