F1 - Hamilton não espera pedido de desculpas da FIA por Abu Dhabi: "Sabemos como as coisas são"

Heptacampeão comentou sobre divulgação do relatório de investigação da polêmica final do ano passado e disse que não está "focado" em lê-lo

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, 3rd position

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, 3rd position

Andy Hone / Motorsport Images

Lewis Hamilton nunca esperou receber um pedido de desculpas da FIA na investigação da final da temporada de 2021 da Fórmula 1 de Abu Dhabi, mas chamou o reconhecimento do erro humano de "um passo positivo".

A federação publicou seu relatório sobre o controverso GP que encerrou o último campeonato, explicando os eventos que levaram ao reinício pós-safety car na última volta, onde Max Verstappen ultrapassou Hamilton para vencer o campeonato.

Leia também:

A investigação citou "erro humano" do ex-diretor de provas Michael Masi, que não implementou pelo menos dois artigos do regulamento esportivo ao recomeçar a prova, mas exerceu sua autoridade permitida pelo Artigo 15.3.

Descobriu-se que Masi agiu de "boa fé" ao tentar fazer a corrida voltar às condições de bandeira verde, e o relatório reconheceu a pressão que ele estava sofrendo devido ao acúmulo de funções do cargo.

Hamilton ficou "desiludido" com sua derrota. Isso o levou a ficar em silêncio durante as férias antes de retornar para o novo ano enfatizando a necessidade de transparência.

Falando após a publicação do documento, o heptacampeão revelou que ainda não o leu corretamente e não esperava receber nenhum tipo de pedido de desculpas como parte das descobertas.

"Vou ler talvez depois do fim de semana [do GP do bahrein] ou algo assim", disse Hamilton à época (antes da última prova). "Eu não estava esperando um pedido de desculpas, e não é algo em que estou realmente focado. Sabemos como as coisas são e que provavelmente não iria acontecer."

"O fato é que ao menos existe essa transparência. Creio que admitir que erro humano foi um passo positivo."

"Não podemos voltar, infelizmente, e mudar o passado. Então, eu apenas foco no que posso fazer agora e tento moldar o futuro com essa equipe e fazendo este carro ser competitivo. Temos um pouco de trabalho a fazer."

Lewis Hamilton, Mercedes W12, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, Sergio Perez, Red Bull Racing RB16B, Carlos Sainz Jr., Ferrari SF21, Lando Norris, McLaren MCL35M, the rest of the field at the start

Lewis Hamilton, Mercedes W12, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, Sergio Perez, Red Bull Racing RB16B, Carlos Sainz Jr., Ferrari SF21, Lando Norris, McLaren MCL35M, the rest of the field at the start

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Nas semanas que antecederam a publicação do relatório, Hamilton pediu que ele fosse divulgado para que os fãs pudessem entender completamente o que aconteceu em Abu Dhabi.

O britânico conversou com o presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, dois dias antes das descobertas serem reveladas, realizando uma "boa reunião" na qual concordou em fazer uma doação de € 50.000 para caridade em vez de uma multa por perder a cerimônia de prêmios da federação no final de 2021.

A FIA já implementou uma série de mudanças após a controvérsia de Abu Dhabi, incluindo a introdução de dois diretores de corrida que alternam o papel, bem como maior apoio por meio de um vice-diretor, um conselheiro sênior e um novo controle de corrida virtual.

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, sentiu que houve "uma grande mudança em relação ao que foi visto antes" do órgão ao divulgar o documento.

"Se está completo ou não, fraco ou contundente, acho que lançá-lo é um bom passo em termos de governança, e você pode lê-lo de qualquer maneira", disse ele. "Acho que para nós, o reconhecimento do erro humano é muito importante, e agora fechamos o capítulo."

"Sei que saiu agora, mas não tenho pensado mais em Abu Dhabi desde que nosso carro provou não ser competitivo na pista este ano", concluiu Wolff.

CUTUCADA em Verstappen? Wolff DESTOA de Max e fala de Red Bull ZERADA: Não desejo MÁ SORTE a ninguém

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #168 - 'Volta' da Ferrari incendeia ainda mais disputa da F1 em 2022?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Por escassez de mão de obra, GP da Austrália não deve ter recorde de público
Próximo artigo F1: Bottas explica o que deu errado na largada do GP do Bahrein

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil