F1: Leclerc explica por que não parou no último safety car e comenta embate com Verstappen

Piloto disse que gostou da corrida que pôde fazer e crê que seus rivais também aprovaram

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, George Russell, Mercedes F1 W14

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, George Russell, Mercedes F1 W14

Mark Sutton / Motorsport Images

A Fórmula 1 “precisava” de um divertido GP de Las Vegas, após um início turbulento do evento, disse Charles Leclerc, da Ferrari, que quer mais corridas para proporcionar emoção semelhante na pista.

Leclerc terminou em segundo, atrás de Max Verstappen, apesar de o tricampeão ter recebido uma penalidade de cinco segundos por tirar seu rival da pista na curva 1 e roubar a liderança na primeira volta.

Leia também:

Uma segunda interrupção do safety car que proporcionou a Sergio Pérez um pit stop colocou a Red Bull no caminho para uma dobradinha, mas Leclerc tomou a P2 na última volta.

Pela emoção na pista, Leclerc comentou sobre o evento de Las Vegas, dizendo que outras corridas precisavam produzir batalhas semelhantes.

"Sinto muito pelo segundo lugar. Mas, por outro lado, tenho certeza de que todos se divertiram muito olhando a corrida. Eu realmente gostei.

“Poderíamos ter mais corridas como essa, porque foi muito divertida”.

Leclerc considerou que a F1, que investiu US$ 500 milhões para ter a etapa de Las Vegas, “precisava” que a corrida na Strip fosse um sucesso após um início de fim de semana caótico.

Seu companheiro de equipe Carlos Sainz sofreu grandes danos ao passar por cima de uma tampa de bueiro que não estava bem fixada.

Leclerc continuou: "Gostei muito. Acho que precisávamos. É claro que o fim de semana não começou do jeito que deveria começar, mas estou muito feliz que tenha terminado assim. É um esporte incrível."

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, 2nd position, arrives in Parc Ferme

Photo by: Jake Grant / Motorsport Images

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, 2nd position, arrives in Parc Ferme

“Acho que hoje não poderíamos ter tido corrida melhor do que essa. A energia ao redor da cidade é incrível e muito feliz, pelo menos gostei de hoje.”

Falando sobre seu encontro na curva 1 com Verstappen, Leclerc disse: “No começo foi muito complicado porque acho que Max por dentro perdeu um pouco de aderência e me trouxe para fora. Mas então tivemos ritmo, passamos por ele e fomos muito fortes no geral.”

"Tivemos um pouco de azar com o safety car. Não paramos nos boxes porque não sabíamos o que os outros fariam. Buscamos uma posição na pista e mantivemos o primeiro lugar."

"Isso foi difícil com os pneus mais velhos no final. Mas o segundo lugar com muitas lutas, honestamente, gostei."

DEBATE sobre o GP de Las Vegas de F1

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

Podcast #256 – Quais as chances do GP de Las Vegas se tornar um fiasco?


ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior "Inaceitável": Sainz detona F1 por incidente pré-largada em Vegas
Próximo artigo F1: Após fúria durante corrida de Las Vegas, Verstappen analisa punição ao empurrar Leclerc para fora da pista

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil