F1 - Leclerc não esconde frustração com Ferrari e dispara: "Espero ser ouvido um pouco mais no futuro"

Monegasco entende que equipe italiana não pode mais "se dar ao luxo de cometer esses erros"

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Zak Mauger / Motorsport Images

Charles Leclerc ficou bastante frustrado com a Ferrari durante a classificação para o GP do Canadá de Fórmula 1 depois de não conseguir passar para o Q3 e ter outra sessão classificatória ruim, assim como aconteceu em Barcelona há duas semanas.

Leia também:

Durante o Q2, Leclerc pediu pneus slick na sua volta de aquecimento ainda no início da sessão, mas a Ferrari acabou rejeitando seu pedido. Quando ele fez a mudança, a janela para os pneus seco já estava se 'fechando' e o monegasco ficou 'preso' no 11º lugar.

Alex Albon foi o único piloto a iniciar o Q2 com pneus macios e registou um tempo que se manteve no topo da tabela de tempos até o fim da sessão.

Questionado pelo Motorsport.com se tinha mudado para pneus slicks muito tarde, Leclerc afirmou: "Bem, isso com certeza.  Na volta de saída era claramente para slicks. Acho que Alex (Albon) fez isso e foi mais cedo que todos nós. Essa foi claramente a escolha certa."

"Não houve qualquer risco. Por alguma razão, a equipe decidiu o contrário. Acho que estamos tornando vida muito difícil e, nessas situações, eu tinha uma opinião clara e decidimos fazer outra coisa. Por isso me sinto frustrado."

"Houve outros pilotos que fizeram o mesmo que eu e passaram para o Q3. Temos que ser melhores do que isso, mas já falo isso há muito tempo, por isso começa a ser um pouco frustrante. Espero ser ouvido um pouco mais no futuro."

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Photo by: Patrick Vinet / Motorsport Images

Questionado se poderia ter feito mais alguma coisa para convencer a equipe a deixá-lo ir aos boxes, Leclerc acrescentou: "Penso que desta vez não houve uma forma mais clara de me expressar. Portanto, não."

"Mas vou falar internamente com a equipe e tentar perceber o que podemos fazer, porque obviamente não é a primeira vez que, nestas situações, estamos um pouco do lado errado. Não quero comentar muito, mas temos que ser melhores do que isso. Não podemos nos dar ao luxo de voltar a cometer esses erros. Por isso, vou falar com a equipe".

Leclerc destacou que não se tratava da Ferrari seguir os progressos de Albon com slicks, pois estava convencido de que o piso estava suficientemente seco.

"Mais uma vez, disse claramente a minha opinião, mais do que isso, não posso fazer", disse ele. "Não faço ideia do que o Alex estava fazendo em termos de tempos de volta com os slicks. Talvez ele tenha cinco segundos a menos, e eu não sabia, mas eu tinha uma opinião clara."

"É óbvio que o Alex era rápido. Por isso, mais uma vez, tenho de perceber qual era o objetivo ao fazer aquilo. Qual era o objetivo? Porque a pista estava seca". E acrescentou: "Não se pode estar a par de tudo o que se passa na pista. Mas vendo a rapidez com que [Albon] estava, talvez devêssemos ter pensado duas vezes antes de entrar."

Quando a Q2 entrou na sua fase final, a chuva voltou e se intensificou, tornando a corrida com pneus macios extremamente difícil. Reconhecendo que esta tarefa era "realmente complicada", o piloto da Ferrari continuou: "Mas, mais uma vez, estamos nos colocando em uma situação de merda porque dependemos muito do tráfego na nossa volta de saída com os slicks."

VÍDEO: Rico Penteado abre o jogo sobre Michael Schumacher

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #234 – Aston, Ferrari ou Mercedes? Quem se garante como segunda força da F1 em 2023?

 
 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sainz é punido com 3 posições no grid do GP do Canadá por incidente com Gasly
Próximo artigo F1: Horários e previsão do tempo para o domingo de corrida no GP do Canadá

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil