F1 – Magnussen: dois diretores de prova geram decisões mais inconsistentes

Dinamarquês afirmou que gostaria que mudanças na FIA levassem a melhor entendimento entre comissários e pilotos

F1 – Magnussen: dois diretores de prova geram decisões mais inconsistentes
Carregar reprodutor de áudio

A mudança da FIA em utilizar dois diretores de prova na Fórmula 1 em 2022 tornou "mais difícil realmente entender quais são as regras", de acordo com o piloto da Haas, Kevin Magnussen.

Como parte da resposta à polêmica decisão do título de Abu Dhabi na temporada passada, a FIA nomeou Niels Wittich e Eduardo Freitas para substituir o ex-diretor de corrida Michael Masi.

Leia também:

O ex-diretor de corrida do DTM Wittich assumiu o comando do início do ano no Bahrein, antes de Freitas, do WEC, entrar nos GPs da Espanha e de Mônaco.

Wittich chamou a atenção para Baku depois de delinear mudanças nas regras de saída de boxes, que agora permitem que os pilotos toquem nas linhas pintadas, desde que uma roda inteira não cruze.

Isso segue o protesto fracassado da Ferrari contra a Red Bull em Mônaco, depois que Max Verstappen e Sergio Pérez foram considerados como tendo tocado as linhas na saída dos boxes.

Quando Magnussen foi questionado nesta quinta-feira no Azerbaijão se ele notou alguma diferença entre as decisões dos dois diretores de corrida da FIA, ele disse: "acho que houve uma diferença".

Isso, calculou o dinamarquês, tornou mais difícil seguir totalmente os regulamentos.

Ele continuou: "Talvez tenha se tornado um pouco mais difícil no momento realmente entender quais são as regras. Eles apenas precisam se esforçar mais para entender e falar com os rapazes.

"Acho que era mais consistente [no passado] do que agora. Seria bom se a postura deles ou a maneira como eles interpretam as regras fossem totalmente consistentes.

"Então, como piloto, seria mais fácil de entender. Mas é isso que temos. Há razões para a chegada de novas pessoas e a mudança na FIA.

"Eu não me preocupo muito com isso. Isto é o que temos. É como se preocupar com o clima. Não posso mudar. Eu apenas tento lidar com isso."

Enquanto isso, o piloto da AlphaTauri, Yuki Tsunoda, disse à mídia: "Não estou confiando na FIA. Toda vez é muito inconsistente.

"Para mim, vou apenas seguir o que o regulamento [diz] ou apenas o mais seguro possível para não ter problemas."

VÍDEO: O que acontece com quem não respeita teto de gastos da F1?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #181 – O que novo carro da F1 tem de melhor e pior até agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
F1 - Gasly alfineta Pérez: "cumpre o que a Red Bull espera de um segundo piloto"
Artigo anterior

F1 - Gasly alfineta Pérez: "cumpre o que a Red Bull espera de um segundo piloto"

Próximo artigo

F1: Câmara dos Deputados aprova título de cidadão a Hamilton

F1: Câmara dos Deputados aprova título de cidadão a Hamilton