F1: Norris diz que spray do GP da Turquia foi o 'mais assustador'

Condições molhadas e sujas da pista de Istambul prejudicaram visibilidade dos pilotos e aderência do asfalto

F1: Norris diz que spray do GP da Turquia foi o 'mais assustador'

Lando Norris disse que o spray "assustador" lançado pelos carros de Fórmula 1 no molhado GP da Turquia tornou as coisas muito mais difíceis para os pilotos. Com a corrida de Istambul sendo atingida por condições adversas, já que a garoa e nuvens baixas fizeram com que o circuito nunca secasse totalmente, os pilotos tiveram dificuldades para administrar seus pneus.

Para o britânico da McLaren, algo que se destacou quando ele fez um movimento para subir na ordem foi a visibilidade limitada no início.

Leia também:

"Nas voltas pelo grid, basicamente não consegui ver nada", explicou o piloto. "Eu estava com muito medo do quão ruim estava, mas acho que na primeira volta consegui abrir uma folga e controlar muito bem a partir dali. Acho que é porque a água ficou um pouco na superfície e obviamente não secou, ​​então sempre tem aquele pouco de líquido."

O GP da Bélgica deste ano teve de ser cancelado após três voltas atrás do safety car por causa de preocupações com a falta de visibilidade em condições molhadas. Norris disse que o que ele experimentou na Turquia não foi bom, e não ajudou pela água misturada com algum conteúdo oleoso - que grudou nos carros e visores.

Questionado sobre se o spray estava pior em Istambul do que em outros lugares, ele respondeu: "Eu diria um pouco mais, mas é terrível em todas. Só ficou um pouco pior. Na primeira volta, parecia mais uma água oleosa do que apenas água, se isso faz sentido. Então a visão ficou mais embaçada."

Apesar das preocupações de Norris com o spray, o diretor de provas da F1, Michael Masi, nunca acreditou que as condições na Turquia fossem tão ruins quanto na Bélgica: "Depois de falar com vários pilotos depois da corrida, não acho que o spray tenha sido pior do que o de Spa."

Outros pilotos também mencionaram como o spray sujo lhes causou dificuldades na corrida, com Yuki Tsunoda afirmando que isso contribuiu para a rodada que lhe custou um resultado nos pontos.

"Não estava transparente, eu não conseguia ver nada por causa da sujeira e da poeira", comentou o japonês. "Pensei que havia um carro bem atrás de mim, então tive que acelerar forte e rodei. De qualquer maneira, isso arruinou toda a minha corrida, então é uma pena."

'TESTE' da RED BULL e ASA NOVA da MERCEDES: Como RIVAIS buscam dar 'PULO DO GATO' no fim da F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Alonso assume culpa por incidente com Schumacher na Turquia
Artigo anterior

F1: Alonso assume culpa por incidente com Schumacher na Turquia

Próximo artigo

Circuito do Catar terá reformas pontuais para receber F1 em novembro

Circuito do Catar terá reformas pontuais para receber F1 em novembro
Carregar comentários