Fórmula 1 GP de Singapura

F1: Pérez aceita pedido de desculpas de Marko por comentários feitos sobre o mexicano

Mexicano revelou uma reunião privada entre os dois após a repercussão negativa do comentário sobre Pérez não ser focado por ser "sul-americano"

O piloto Sergio Pérez revelou que aceitou um pedido de desculpas feito pelo consultor da Red Bull na Fórmula 1, Helmut Marko, em uma reunião privada entre os dois.

Recentemente, Marko falou sobre o momento vivido por Checo e comentou sobre sua herança "sul-americana" ao comparar o mexicano com Max Verstappen e Sebastian Vettel, sugerindo que, por esse motivo, ele não tinha o mesmo foco dos dois campeões da Red Bull.

Leia também:

"Ele é sul-americano e ele não está com sua cabeça completamente focada como Max ou como Sebastian", disse Marko na entrevista. O comentário causou uma grande repercussão negativa nas redes sociais, especialmente no México, um país da América do Norte.

Marko já havia feito um pedido de desculpas público pelas declarações feitas à ServusTV, mas Pérez revelou nesta quinta-feira que os dois tiveram um encontro privado.

"Tive uma conversa com ele, e ele pediu desculpas. Para mim, isso foi o principal. E agora vamos seguir em frente. Tenho uma relação pessoal com ele. E acho que você pode ter todo tipo de reação quando vê essas coisas".

"Mas conhecer a pessoa ajuda muito, porque sei que ele não falou dessa forma. E eu aceitei a desculpa porque conheço Helmut a um nível pessoal e, por isso, sei que ele não quis dizer isso".

Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, Sergio Perez, Red Bull Racing, 2nd position, talk after the race

Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, Sergio Perez, Red Bull Racing, 2nd position, talk after the race

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Pérez insistiu que não ficou ofendido pelo comentário de Marko, sugerindo que o austríaco havia sido mal-interpretado.

"Nem um pouco, para ser honesto. Conhecendo Helmut, como disse, temos uma relação pessoal, sei que ele não quis dizer aquilo. E eu não fiquei ofendido. Mas, se esses comentários tivessem sido feitos por uma perspectiva diferente, eu os teria recebido de forma diferente. Mas, para mim, é como as coisas são".

"O que vem depois, no lado da mídia ou do lado público, isso não está sob meu controle. Para mim, o mais importante é a relação pessoal. Sempre vamos conversar nas pistas, fora delas, aqui e ali. Nos vemos quase que todo final de semana".

"Ele vai te dizer o que ele pensa. Algo que podemos agradecer com Helmut é que ele é sempre bem transparente com a imprensa e o mundo no geral, além dos pilotos. É como ele é".

Motorsport Business #1 - A NOVA STOCK CAR: João Bosco, da ArcelorMittal, dá detalhes do modelo 2025

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Vettel não descarta um retorno à F1: "Não posso dizer que não faria"
Próximo artigo F1 - Verstappen: "Wolff parece que é funcionário da Red Bull, mas felizmente não é"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil