Fórmula 1 GP de Abu Dhabi

F1: Porto Seguro se junta à Aston Martin como patrocinadora; veja

Chefe de marketing do time destacou a “determinação em capitalizar a popularidade do esporte na América do Sul e apoiar um dos maiores talentos brasileiros”

Mick Schumacher, Haas F1 Team thumbs up to Sebastian Vettel, Aston Martin AMR22

Depois de anunciar parceria com a XP Investimentos, a equipe Aston Martin confirmou, nesta sexta-feira do GP de Abu Dhabi, que também terá o patrocínio da Porto Seguro na temporada 2023 da Fórmula 1.

O editor recomenda:

Com isso, o time britânico de Silverstone já soma dois parceiros brasileiros para o próximo campeonato, no qual o paranaense Felipe Drugovich, campeão da Fórmula 2 2022, será piloto reserva e de desenvolvimento da Aston Martin.

 

Nas palavras da equipe de propriedade do empresário canadense Lawrence Stroll, as novas parcerias “mostram o apoio ao piloto reserva” e “reforçam ainda mais a ambição compartilhada de capitalizar a paixão brasileira pelo automobilismo”.

 

Drugovich, aliás, fez sua estreia oficial a bordo do carro de 2022 da Aston Martin justamente nesta sexta-feira, quando participou do primeiro treino livre para a etapa de Yas Marina, assumindo a vaga de Lance Stroll.

A propósito, o canadense segue como titular da escuderia em 2023, quando terá um novo companheiro: o espanhol Fernando Alonso, que deixa a Alpine e assume o assento disponibilizado por Sebastian Vettel -- o alemão dá 'adeus' à F1 após o GP de Abu Dhabi.

Com isso, após a breve experiência com o germânico tetracampeão da F1, 'Drugo' poderá aprender com Alonso, vencedor das temporadas 2005 e 2006 da categoria máxima do automobilismo mundial.

Drugovich ao lado de Felipe Massa e de Damon Hill, campeão de 1996 da F1 e hoje comentarista da Sky

Drugovich ao lado de Felipe Massa e de Damon Hill, campeão de 1996 da F1 e hoje comentarista da Sky

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

De qualquer forma, o fato é que a Porto Seguro já tem sua marca estampada no AMR22 em Yas Marina e terá exposição no bólido da montadora inglesa em toda a F1 2023, assim como a própria XP. 

O CEO da Porto Seguro, Roberto Santos, destacou a “tradição muito forte” do Brasil na F1, ressaltando que é algo que “deve ser mantido no futuro”. Segundo ele, “este projeto, trazendo grandes empresas brasileiras, está ganhando força".

"Isso vai ampliar nosso potencial de atuação neste segmento e reforçar nosso compromisso de ser um porto seguro para as pessoas e seus sonhos”, acrescentou Santos. Jefferson Slack, diretor-administrativo de marketing da Aston Martin, também se manifestou.

“Juntamente com a parceria existente com a XP, eles defenderão o objetivo de estabelecer o Brasil no topo do esporte nos próximos anos”, afirmou o dirigente da Aston Martin, que voltou à F1 como equipe oficial no ano passado, sucedendo a então Racing Point.

SEXTA-LIVRE: Veja debate das sessões práticas inaugurais em Abu Dhabi

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'treta' entre Verstappen e Pérez no GP de São Paulo

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Brasil será palco de corrida sprint pelo terceiro ano seguido; veja lista completa
Próximo artigo F1: Pérez se arrepende de comentários feitos sobre Verstappen após polêmica no Brasil

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil