F1: Problema de carro de Verstappen não tem relação com abandono no Bahrein

Após novos problemas no sistema de combustível do carro de Verstappen, Horner explica que abandono no Bahrein e Austrália aconteceram por motivos diferentes

F1: Problema de carro de Verstappen não tem relação com abandono no Bahrein
Carregar reprodutor de áudio

Christian Horner, chefe da Red Bull, explicou que o problema com o sistema de abastecimento do carro de Max Verstappen, que fez o holandês abandonar a prova australiana, está "totalmente separado" do problema que a equipe teve no Bahrein.

Verstappen rumava para um praticamente garantido 2º lugar no GP da Austrália, até que, com 20 voltas para o final, ele teve que abandonar a corrida, estacionando a sua Red Bull na Curva 1 de Albert Park

O editor recomenda:

Com o novo abandono, é a segunda vez em três corridas que Verstappen não termina uma prova. Ele está 46 pontos atrás do líder do campeonato Charles Leclerc, que dominou o fim de semana em Melbourne.

Após a corrida, Max disse que é "inaceitável" enfrentar tanto problema de confiabilidade e que ele já está "milhas distantes" na defesa do seu título de 2021.

Em uma conversa com jornalistas no paddock, Horner confirmou que um problema no sistema de combustível foi a causa do abandono de Verstappen. "Obviamente é muito frustrante ter um DNF no carro do Max. Parece que o problema foi o sistema de combustível, algo externo ao tanque. Essas partes retornarão ao Japão e tentaremos entender o problema o mais rápido possível".

Horner ainda disse que o problema foi "totalmente diferente" daquele que causou os abandonos de Verstappen e Sergio Perez no Bahrein, corrida de abertura do campeonato. Neste caso, um vácuo no sistema de combustível impedia que o motor recebe gasolina o suficiente.

The car of Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, with fire retardant after retirement and a fire

The car of Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, with fire retardant after retirement and a fire

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Apesar dos abandonos em duas de três corridas, Horner não vê que já seja hora de jogar a toalha. "Nós estamos no que, poucos mais 10% do campeonato realizado. Então eu acho que temos muito a correr atrás".

PÓDIO: Leclerc vence com folga após quebra de Verstappen; veja debate

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #171 - Má fase da Mercedes indica fim de uma era na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton explica que "posição difícil" não foi pedido de jogo de equipe
Artigo anterior

F1: Hamilton explica que "posição difícil" não foi pedido de jogo de equipe

Próximo artigo

F1: Vettel desafia o futuro e diz "não tem como 2022 ficar pior"

F1: Vettel desafia o futuro e diz "não tem como 2022 ficar pior"