F1: Raikkonen diz que levou 'puxão de orelha' do filho após batida em Portugal

Piloto finlandês colidiu com companheiro de equipe Antonio Giovinazzi no início da segunda volta em Portimão

F1: Raikkonen diz que levou 'puxão de orelha' do filho após batida em Portugal

Kimi Raikkonen revelou que foi provocado por seu filho Robin sobre a batida que o tirou do GP de Portugal de Fórmula 1 no último fim de semana.

O piloto da Alfa Romeo trouxe o safety car no início da segunda volta em Portimão, depois de colidir com o companheiro de equipe Antonio Giovinazzi.

Leia também:

Raikkonen alegou que se distraiu mudando alguns controles em seu volante, e não percebeu que estava deslizando para a traseira de Giovinazzi. Falando sobre a reação da escuderia após a corrida, o finlandês disse que não teve interrogatório pós-evento, mas recebeu alguns comentários de Robin.

“Meu filho estava me dizendo que: 'Você sempre me diz para olhar para frente' quando ele está guiando um kart”, disse.

A Alfa Romeo esperava fazer algum progresso sólido com seu carro nesta temporada, mas está enfrentando um momento difícil no meio do pelotão.

Raikkonen disse que suas chances de marcar uma quantidade decente de pontos dependiam das características da pista adequadas ao seu carro.

Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing in the press conference

Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing in the press conference

Photo by: FIA Pool

“Acho que no Bahrein provavelmente fomos mais fortes em geral como pista”, explicou.

“Talvez as condições sejam mais adequadas para nós, talvez algumas contra as quais corremos não se adaptem muito bem."

“Mas estamos um pouco mais perto do que estávamos no ano passado. Nunca esperamos estar no meio do pelotão, mas precisamos melhorar. Isso é claro."

“Precisamos tornar o carro mais rápido para ir mais alto. E acho que haverá pistas em que podemos estar melhor e algumas em que podemos lutar um pouco mais. Mas toda equipe tem os mesmos problemas. Só precisamos deixar o carro um pouco mais rápido."

Raikkonen sente que a Alfa Romeo teve um progresso em todas as áreas como equipe.

“Se você comparar onde estávamos há quatro anos, estamos definitivamente em uma posição muito melhor em qualquer aspecto que você olhe para a equipe", disse. "Eles estavam quase mortos naquele momento, mas leva muito tempo para reconstruir, para trazer as pessoas de volta.

“Obviamente as instalações existem para fazer um bom trabalho. Então, no ano passado, o motor estava um pouco difícil, mas também o carro não estava onde obviamente gostaríamos que estivesse. Portanto, no final, é sempre o pacote."

“Não importa se você tem o melhor motor, mas o pior carro, você não está tirando o melhor proveito dele. Mas acho que há todas as ferramentas e mão de obra para fazer um bom trabalho", concluiu.

ThePlayer.com, a maior comunidade de apostas esportivas do mundo, está lançando o Desafio F1, o fantasy game que promete agitar a internet e distribuir muitos prêmios.

Para participar, basta se inscrever no ThePlayer.com e entrar na página do Fantasy, clicando aqui. Os vencedores serão conhecidos durante o programa PÓDIO MOTORSPORT, transmitido ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube.

F1 AO VIVO: Mercedes DOMINA os treinos livres para o GP da Espanha; veja o DEBATE | SEXTA-LIVRE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #103: TELEMETRIA - Tudo sobre o GP da Espanha com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
ThePlayer.com e Motorsport.com lançam Fantasy de F1 gratuito; saiba como participar

Artigo anterior

ThePlayer.com e Motorsport.com lançam Fantasy de F1 gratuito; saiba como participar

Próximo artigo

F1: Vettel diz que está "mais em casa" após atualizações da Aston Martin

F1: Vettel diz que está "mais em casa" após atualizações da Aston Martin
Carregar comentários