Fórmula 1 GP da Grã-Bretanha

F1: Red Bull sinaliza que Pérez não está ameaçado caso mantenha vice e volta a fechar portas para Ricciardo

Horner voltou a falar sobre o teste de Daniel Ricciardo com o RB19 nesta semana em Silverstone

Sergio Perez, Red Bull Racing,

Sergio Pérez viveu mais um final de semana difícil na Fórmula 1. No GP da Grã-Bretanha, o mexicano foi eliminado antes do Q3 pela quinta vez, terminando a prova apenas em sexto. E em meio a rumores sobre pressão, a Red Bull sinalizou que ele não deve estar ameaçado desde que mantenha o vice no Mundial de Pilotos, enquanto volta a fechar as portas para Daniel Ricciardo.

Agora, Checo está a 99 pontos de Max Verstappen no Mundial, enquanto o mexicano vê Fernando Alonso a apenas 19. Mesmo com o rendimento do piloto bem abaixo do esperado, Christian Horner disse que Pérez não está sob pressão imediata para manter sua vaga, com sua posição final no Mundial sendo um fator fundamental para determinar sua segurança.

Leia também:

Questionado se está preocupado com o ritmo de Pérez, Horner disse: "No momento, ele está em segundo no Mundial e aumentou sua vantagem sobre Fernando. Temos um bom carro, mas temos que garantir que ambos estejam na disputa".

Horner disse que Pérez precisa que alguém coloque os "braços ao redor de seus ombros", ajudando o piloto a retomar sua forma enquanto a equipe tem a função de "fazer com que isso aconteça o mais rápido possível". Ele reconhece que isso pode acontecer já no GP da Hungria, citando a bela ultrapassagem em cima de Carlos Sainz.

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Photo by: James Sutton / Motorsport Images

"Se você olhar para o ritmo dele no último stint, ele estava no nível. É frustrante para ele ter que brigar vindo lá de trás o tempo todo, mas ele precisa resolver seu problema com a classificação no sábado e, como equipe, faremos o melhor para apoiá-lo".

Devido à performance fraca de Pérez nas classificações, o teste de Ricciardo com o RB19 nesta semana em Silverstone, com duração de três dias, ganhou ainda mais significância. Mas Horner afirma que não há planos de promover o australiano na equipe pela qual obteve sete vitórias.

"Será ótimo vê-lo novamente em um carro da Red Bull, ver o que ele pode fazer, em que ponto ele está. Tanto em ritmo quanto mentalmente, fisicamente, ter o feedback dele sobre o carro. Será uma ótima oportunidade para ele guiar o carro que acabou de vencer o GP".

"Mas [promover Ricciardo] não é algo que estamos planejando, isso é certo. Mas é correto dar a ele a oportunidade neste ano de seguir com a equipe e mantê-lo no esporte. Seria uma perda para o esporte se ele sumisse. Não reconheci Daniel nos últimos anos. Então será interessante ver que tipo de trabalho ele faz".

Quem desbancaria Verstappen na Red Bull?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate caos dos limites de pista na Áustria: qual a solução?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell aponta que Leclerc se defendeu de forma "questionável" em Silverstone
Próximo artigo ANÁLISE F1: Alpine muda diretoria de novo, mas o que isso realmente significa para a equipe?

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil