F1 - Red Bull: Solução da Mercedes na suspensão pode trazer ganhos "poderosos" na reta final

Mesmo assim, Christian Horner diz ter certeza de que a rival não quebrou o regulamento da categoria com a novidade

F1 - Red Bull: Solução da Mercedes na suspensão pode trazer ganhos "poderosos" na reta final

Um dos grandes assuntos do final de semana da Fórmula 1 em Austin foi o polêmico 'truque' da Mercedes com a suspensão. E a Red Bull acha que a equipe alemã pode ter um benefício "bastante poderoso" com sua solução inteligente na reta final da temporada.

A intriga gira em torno do modo como a Mercedes mexeu em seu sistema de suspensão traseira para que a parte de trás do carro abaixe nas retas, em alta velocidade. Este comportamento ajuda a reduzir o arrasto para aumentar a velocidade máxima, e a Red Bull acredita que isso tenha sido um fator fundamental na performance da equipe na Turquia.

Leia também:

O chefe da Red Bull, Christian Horner, disse à Sky Sports F1 no final de semana em Austin que pistas como Istambul, com várias curvas de média e longas retas, são perfeitas para o conceito da Mercedes.

"Acho que a Mercedes está obviamente otimizando um dispositivo de reta que eles podem usar nesse tipo de circuito", disse Horner. "Se você olhar para a traseira do carro, como ela se rebaixa, acho que a Turquia casou com suas forças".

Porém, ajustar o sistema da Mercedes para pistas como Austin, com curvas de alta, é mais difícil, porque não há muita variação entre as velocidades na reta e nas curvas de alta. 

Horner acredita que, em algumas pistas restantes na temporada, a ideia da Mercedes pode funcionar perfeitamente.

"Terá uma influência maior em algumas pistas. Teve um efeito reduzido aqui em Austin, mas em um lugar como Jeddah, pode ser bem poderoso".

Apesar da Red Bull estar intrigada pelo que a Mercedes fez, a equipe tem clareza de que a novidade não representa uma quebra no regulamento da F1.

"Não acreditamos que seja ilegal. É algo que historicamente é usado. Vimos isso no passado. Mas, obviamente, o que vimos na Turquia foi uma versão extrema disso, porque o circuito permitia".

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A Mercedes minimizou a influência de seu sistema de suspensão, e afirma que a Red Bull está supervalorizando seu impacto. Toto Wolff disse: "Acho que reconhecemos que esse é um esporte em que os competidores sempre estão em busca da solução perfeita".

"Minha experiência é que não exsite algo do tipo. São ganhos pequenos, marginais, que foram somados e trouxeram performance. Estamos tentando compreender nosso carro e adicionar performance sem ouvir muito do barulho ao redor".

RUBENS BARRICHELLO NA BAND: Rubinho será comentarista convidado no GP de São Paulo de F1; saiba mais

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #141 - É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
ANÁLISE: A batalha estratégica de Red Bull x Mercedes em Austin detalhada
Artigo anterior

ANÁLISE: A batalha estratégica de Red Bull x Mercedes em Austin detalhada

Próximo artigo

F1: Pai de Hamilton nega relação ríspida entre o filho e Verstappen

F1: Pai de Hamilton nega relação ríspida entre o filho e Verstappen
Carregar comentários