F1: Reta dos boxes de Silverstone se chamará "Reta Hamilton"

Homenagem foi confirmada pelo presidente do clube de pilotos britânicos, David Coulthard; Lewis já venceu sete corridas de F1 no circuito

F1: Reta dos boxes de Silverstone se chamará "Reta Hamilton"

O British Racing Drivers 'Club (BRDC), dono de Silverstone, anunciou no sábado que a reta dos boxes do circuito internacional agora será conhecida como Hamilton Straight (Reta Hamilton), como reconhecimento às conquistas de Lewis Hamilton que, estatisticamente, o tornam o maior piloto britânico da história da Fórmula 1.

Esta é a única parte da famosa pista que recebeu o nome de um piloto. Ele venceu o GP da Inglaterra em sete ocasiões, seis no atual traçado, que inclui a reta que agora leva seu nome.

Leia também:

Hamilton foi informado da notícia pelo presidente da BRDC, David Coulthard, no sábado, antes do final da temporada da F1 em Abu Dhabi.

"Fiquei muito satisfeito, na minha posição de Presidente do BRDC, em compartilhar esta notícia com Lewis hoje", disse Coulthard. "É a primeira vez na história de Silverstone que uma parte do circuito leva o nome de um indivíduo."

"Hamilton se tornou uma grande parte desta história, e os diretores do Clube e eu sentimos que não havia melhor maneira de marcar isso do que renomear os icônicos pits em reconhecimento por suas conquistas recordes."

Logo na primeira corrida do piloto britânico em Silverstone, ele já conquistou a pole position, em 2007. Um ano depois, venceu a corrida, que é amplamente considerada uma de suas melhores.

Hamilton então ganhou a corrida por quatro anos consecutivos entre 2014 e 2017, e venceu as duas últimas edições.

Em 2020, Silverstone recebeu dois GPs em um único ano pela primeira vez,  ao organizar a etapa de 70 anos como parte do esforço para reforçar o calendário da F1, modificado devido à pandemia de Covid-19.

Silverstone sediou o primeiro GP de F1 em 1950 e ajudou a liderar as celebrações para marcar o jubileu de platina da categoria

Hamilton venceu o GP da Inglaterra após um estouro de pneu na última volta, que o fez cruzar a linha de chegada em três rodas. Na corrida 70º aniversário, terminou em segundo, atrás de Max Verstappen, que conquistou a vitória para a Red Bull.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 2020: Assista ao debate sobre o treino classificatório para o GP de Abu Dhabi de Fórmula 1

PODCAST: "Show" de Russell pode gerar problema para Mercedes?

 

compartilhar
comentários
F1: Alonso 'voa' com R25, bate pole de Hamilton em 2012 e exalta era V10

Artigo anterior

F1: Alonso 'voa' com R25, bate pole de Hamilton em 2012 e exalta era V10

Próximo artigo

Leclerc presta homenagem a última corrida de Vettel na Ferrari com pintura especial em capacete

Leclerc presta homenagem a última corrida de Vettel na Ferrari com pintura especial em capacete
Carregar comentários