Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

F1: Revisão na extremidade traseira transforma carro da Red Bull; entenda

Traseira imprevisível do RB16 deu trabalho para Max Verstappen e Alex Albon em 2020

F1: Revisão na extremidade traseira transforma carro da Red Bull; entenda

A performance da Red Bull no fim de semana de estreia da Fórmula 1 no Bahrein é a prova de que ela superou as complicadas falhas aerodinâmicas que afetaram sua campanha de 2020.

A extremidade traseira muitas vezes imprevisível do RB16 deu muito trabalho para Max Verstappen e Alex Albon, mas a evidência de que o RB16B é muito mais firme está clara. 

Leia também:

A escuderia austríaca passou grande parte da última temporada focada em um programa de retificação, já que descobriu rapidamente que o desempenho do RB16 estava falho, devido a um problema de correlação entre suas ferramentas de simulação na fábrica e os resultados entregues na pista.

A equipe foi fundo no início da temporada e inicialmente focou sua atenção no redesenho da frente do carro.

Mas, depois de consertar esses problemas e com os novos regulamentos reduzindo o downforce dos carros deste ano, a equipe de design voltou sua atenção para o desempenho da traseira do RB16B.

Red Bull Racing RB16B comparison rear suspension

Red Bull Racing RB16B comparison rear suspension

Photo by: Giorgio Piola

O foco principal era melhorar o fluxo de ar sobre a traseira do monoposto, com seu layout sendo inspirado no conceito introduzido pela Mercedes na temporada passada.

No entanto, foi adicionada ainda a sua própria torção, pois, embora todo o conjunto da suspensão inferior tenha sido essencialmente virado, com o trackrod montado na frente, em vez de ser na parte traseira (azul na inserção inferior), é na verdade seu design do arranjo no canto inferior que é totalmente mais interessante.

Muito parecido com o design da extremidade dianteira dos carros nos últimos anos, a Red Bull criou um arranjo de multi-link inferior para o RB16B.

Esta separação dos braços permite que os projetistas sejam mais específicos com sua colocação e permite que eles os coloquem em uma posição que atenda com mais eficácia às suas demandas aerodinâmicas.

Isso é crítico quando consideramos as mudanças de regulamento para 2021, que colocaram um ônus no design da traseira do carro.

Com isso em mente, a equipe de Christian Horner elevou os elementos de suspensão inferiores e os empurrou o mais para trás possível, a fim de tentar melhorar o espaço disponível para o fluxo de ar sobre o teto do difusor, na seção da carenagem semelhante a uma garrafa e no canal ao lado da parte lateral do pneu e borda do difusor.

Red Bull Racing RB16B rear detail

Red Bull Racing RB16B rear detail

Photo by: Giorgio Piola

A Red Bull introduziu um arranjo multi-link em 2019, com seu triângulo superior exibindo o layout aberto (imagem à esquerda, abaixo).

Para 2020 e novamente em 2021, a equipe optou por um arranjo no canto superior convencional, mas mudou para um arranjo multi-link para seu arranjo inferior (imagem à direita, abaixo). 

Red Bull Racing RB15 front suspension

Red Bull Racing RB15 front suspension

Photo by: Giorgio Piola

Red Bull Racing RB16 front suspension

Red Bull Racing RB16 front suspension

Photo by: Giorgio Piola

 

A busca sem fim ..

Red Bull RB16B floor fin

Red Bull RB16B floor fin

Photo by: Uncredited

A Red Bull já parecia estar em uma boa posição rumo à primeira etapa do campeonato, tendo apresentado um desempenho sólido durante os testes de pré-temporada que sugeriam que poderia estar prestes a destronar a Mercedes.

Porém, chegou ao Bahrein com mais uma arma em seu arsenal, já que a equipe instalou outra barbatana no assoalho à frente do pneu traseiro (seta vermelha).

Esta barbatana tem uma extremidade curvada distinta que terá, sem dúvida, um impacto no fluxo de ar, com o vórtice desprendido e desenhado para funcionar em harmonia com as outras barbatanas já presentes no assoalho.

O papel dessas aletas foi aumentado para 2021, dada a introdução do recorte no assoalho e a impossibilidade de usar ranhuras e orifícios totalmente fechados no local.

Cada barbatana terá uma função específica, mas contribuirá para girar o fluxo de ar ao redor do pneu traseiro, a fim de limitar a turbulência que ele cria, o que pode ser prejudicial ao desempenho do difusor se não for tratado.

Red Bull Racing RB16B rear suspension

Red Bull Racing RB16B rear suspension

Photo by: Giorgio Piola

Esta ilustração mostra a rapidez com que a escuderia está reagindo às mudanças de regra de 2021, com a barbatana do assoalho intermediário e duas nadadeiras anguladas externamente adicionadas ao RB16B durante o teste da pré-temporada no Bahrein.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

EXCLUSIVO: Nelson Piquet crê que Verstappen ENGOLIRIA Hamilton na Mercedes; Nelsinho compara pilotos

PODCAST – Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

 

compartilhar
comentários
F1 - Wolff rebate reclamação de "estratégia de defesa" de Bottas: "Não havia outra opção"

Artigo anterior

F1 - Wolff rebate reclamação de "estratégia de defesa" de Bottas: "Não havia outra opção"

Próximo artigo

F1: Hamilton bate mais um recorde de Schumacher após GP do Bahrein; entenda

F1: Hamilton bate mais um recorde de Schumacher após GP do Bahrein; entenda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Equipes Red Bull Racing
Autor Giorgio Piola