F1 - Verstappen: Manter desenvolvimento em 2021 não me faz pensar em impacto para 2022

Holandês ecoa comentários de Christian Horner, acreditando que a Red Bull está balanceando bem o trabalho entre os dois carros

F1 - Verstappen: Manter desenvolvimento em 2021 não me faz pensar em impacto para 2022
Carregar reprodutor de áudio

Enquanto a Mercedes reafirma que abandonou o desenvolvimento do carro de 2021 para focar no de 2022, a Red Bull mantém seus planos de seguir trabalhando no modelo atual em busca do título da Fórmula 1. E para Max Verstappen isso não causa motivos para preocupação, porque, segundo o holandês, a equipe tem pessoas suficientes focadas no próximo ano.

Com uma grande mudança no regulamento técnico programada para 2022, a maioria das equipes da F1 optou por encerrar o desenvolvimento do carro atual mais cedo para capitalizar possíveis ganhos no início da nova era.

Leia também:

A Mercedes trouxe sua atualização final do ano no GP da Grã-Bretanha em julho, mas a Red Bull optou por seguir mantendo o desenvolvimento do carro atual, o RB16B, além de alocar recursos no chassi de 2022.

No momento, Verstappen se encontra oito pontos atrás de Lewis Hamilton no Mundial de Pilotos, enquanto a Mercedes lidera entre os Construtores com 12 pontos a frente da Red Bull.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, disse que não é da cultura da equipe desistir do desenvolvimento atual cedo, sentindo que o balanço entre 2021 e 2022 está correto.

Falando com exclusividade à edição holandesa do Motorsport.com, Verstappen ecoou os comentários de Horner, expressando confiança nos recursos que a Red Bull têm aplicado no carro do próximo ano.

"Para ser honesto, acho que não", disse Verstappen quando questionado se havia alguma preocupação com o impacto no carro de 2022 devido ao desenvolvimento contínuo de 2021.

"Temos pessoas suficientes trabalhando no carro do próximo ano. Podemos falar sobre isso por um longo tempo, mas pessoalmente não sei o quão bom ou ruim que será no próximo ano. Ninguém sabe, temos que esperar para ver".

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Após o GP da Áustria, Verstappen tinha 32 pontos de vantagem para Hamilton, mas o abandono em Silverstone após o toque com Hamilton e o nono lugar na Hungria como consequência no incidente na primeira curva mudaram a situação do campeonato.

Refletindo na temporada até aqui, Verstappen disse que houve "muito azar" para a Red Bull, mas sente que a vantagem em termos de ritmo estava com a Mercedes nos últimos eventos.

"Nas duas últimas corridas, perdemos muitos pontos, então ainda há muito em jogo. Acho que está muito próximo. Acredito que nas duas últimas corridas a Mercedes estava em vantagem com suas atualizações, mas sabemos que ainda temos algumas nossas por vir".

"Espero que isso melhore nosso tempo de volta".

TOP 5: PILOTOS e EQUIPES da F1 que ficaram DEVENDO na primeira metade da TEMPORADA 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #126 – TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2021 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 confirma quarta temporada da série da Netflix Drive to Survive
Artigo anterior

F1 confirma quarta temporada da série da Netflix Drive to Survive

Próximo artigo

F1: Bottas e Russell comentam demora da Mercedes em definir dupla de pilotos

F1: Bottas e Russell comentam demora da Mercedes em definir dupla de pilotos
Carregar comentários