FIA ratifica volta do antigo formato de classificação da F1

Apesar de acordo entre equipes, Ecclestone e Todt na última semana, faltava o aval do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA, garantido nesta segunda-feira

FIA ratifica volta do antigo formato de classificação da F1

O retorno da Fórmula 1 para o antigo formato do treino classificatório foi ratificado pelo Conselho Mundial de Automobilismo da FIA nesta segunda-feira e valerá já para o GP da China, no próximo fim de semana.

Na última semana, depois de um pedido unânime das equipes, o presidente da FIA, Jean Todt, e o chefe comercial da F1, Bernie Ecclestone, concordaram em abandonar o novo formato de eliminação e voltar ao que era em 2015.

Em troca, esforços seriam feitos durante o restante desta temporada considerando a reforma do formato de fim de semana de corrida, que poderia envolver um estilo diferente de qualificação ou mesmo um formato de corrida rápida aos sábados a partir de 2017.

Entretanto, para o velho estilo de qualificação voltar à ativa era necessário apoio unânime através da Comissão da F1 e do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA.

Os votos foram solicitados na semana passada, e a aprovação formal já foi dada. Assim, a F1 reverterá para o sistema de três sessões utilizado desde 2006.

Você lembra como era antigo formato?

O formato de classificação voltará a ser o mesmo que vigorou na categoria de 2006 a 2015. Nele, o Q1 dura 20 minutos e conta com todos os carros inscritos, sendo que os 16 melhores ao final do tempo avançam. No Q2, o sistema é o mesmo, com os 6 piores sendo eliminados após 15 minutos. No Q3, de 10 minutos, os dez primeiros do grid são classificados de acordo com o melhor tempo. Os tempos podem ser revistos. 

 

compartilhar
comentários
Toro Rosso planeja duas ou três grandes atualizações em 2016

Artigo anterior

Toro Rosso planeja duas ou três grandes atualizações em 2016

Próximo artigo

Em GP que tem muitos fãs, Massa vislumbra chance de pódio

Em GP que tem muitos fãs, Massa vislumbra chance de pódio
Carregar comentários