Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
19 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
26 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
40 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
103 dias

Entenda por que o futuro da Renault na Fórmula 1 segue duvidoso

compartilhar
comentários
Entenda por que o futuro da Renault na Fórmula 1 segue duvidoso
Por:
28 de mai de 2020 12:59

Companhia francesa sofreu queda de 80% nas vendas em abril devido ao novo coronavírus e o empréstimo estatal de cinco bilhões de euros concedido não é suficiente

A Renault está em uma situação financeira bastante preocupante, após registrar uma queda de 80% nas vendas em abril. Um duro golpe para uma empresa que não estava mais navegando em águas calmas às vésperas do coronavírus e que agora é forçada a realizar uma série de cortes que afetarão muitos setores.

Segundo algumas informações da França, várias fábricas no país fecharão, incluindo a que faz o Alpine A110, um modelo histórico que deveria ser relançado.

Leia também:

Os cortes podem chegar a 2 bilhões de euros, uma medida necessária, apesar do empréstimo estatal de 5 bilhões de euros do governo francês, dono de 15% da Renault, para facilitar a reativação.

Nesse contexto, há quem teme que o programa de Fórmula 1 seja afetado pelos cortes, pois representa um elemento significativo e os resultados ainda não alcançaram as expectativas.

Os responsáveis ​​pela equipe de Fórmula 1 enfrentam uma corrida contra o relógio, na qual terão que tentar convencer o conselho de diretores da empresa de que o limite de orçamento pode garantir a curto prazo gestão financeira sustentável, sem grande ajuda da controladora.

A resposta virá nos próximos dias e esclarecerá os planos a longo prazo da Renault. As equipes de Fórmula 1 devem assinar o novo Pacto de Concórdia, que implica o compromisso de garantir sua presença no campeonato pelos próximos cinco anos.

Nesta fase, grandes equipes poderão reduzir seus orçamentos entre 20 e 40%, já que os novos regulamentos imporão um limite máximo de gastos de 133 milhões de euros em 2021, 128 em 2022 e 124 de 2023 a 2025.

Um orçamento teoricamente sustentável com liberdade garantida de renda e uma lista aceitável de patrocinadores.

Não apenas a Renault está com problemas, em geral, toda a Fórmula 1. A presença no campeonato oficial de equipes dos fabricantes sempre foi um fator muito positivo e, curiosamente, o último a sair foi a própria Renault em 2010. A Renault manteve o programa como fabricante, conseguindo quatro títulos com a Red Bull.

A empresa francesa iniciou sua terceira etapa como equipe na Fórmula 1 em 2016, mas os resultados até agora não corresponderam a presenças anteriores, um aspecto que não representa valor agregado em um momento como hoje.

GALERIA: Relembre os carros da Renault na F1

Galeria
Lista

1977: Renault RS01

1977: Renault RS01
1/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Piloto: Jean-Pierre Jabouille

1978: Renault RS01

1978: Renault RS01
2/22

Foto de: LAT Images

Piloto: Jean-Pierre Jaboullie

1979: Renault RS10

1979: Renault RS10
3/22

Foto de: LAT Images

Pilotos: Rene Arnoux, Jean-Pierre Jabouille

1980: Renault RE20

1980: Renault RE20
4/22

Foto de: LAT Images

Pilotos: Rene Arnoux, Jean-Pierre Jaboullie

1981: Renault RE30

1981: Renault RE30
5/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Rene Arnoux, Alain Prost

1982: Renault RE30

1982: Renault RE30
6/22

Foto de: LAT Images

Pilotos: Rene Arnoux, Alain Prost

1983: Renault RE40

1983: Renault RE40
7/22

Foto de: LAT Images

Pilotos: Eddie Cheever, Alain Prost

1984: Renault RE50

1984: Renault RE50
8/22

Foto de: Jean-Philippe Legrand

Pilotos: Philippe Streiff, Patrick Tambay, Derek Warwick

1985: Renault RE60

1985: Renault RE60
9/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Francois Hesnault, Patrick Tambay, Derek Warwick

2002: Renault R202

2002: Renault R202
10/22

Foto de: Renault F1

Pilotos: Jenson Button, Jarno Trulli

2003: Renault R23

2003: Renault R23
11/22

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Jarno Trulli

2004: Renault R24

2004: Renault R24
12/22

Foto de: LAT Images

Pilotos: Fernando Alonso, Jarno Trulli, Jacques Villeneuve

2005: Renault R25

2005: Renault R25
13/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Giancarlo Fisichella

2006: Renault R26

2006: Renault R26
14/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Giancarlo Fisichella

2007: Renault R27

2007: Renault R27
15/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Giancarlo Fisichella, Heikki Kovalainen

2008: Renault R28

2008: Renault R28
16/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Nelsinho Piquet

2009: Renault R29

2009: Renault R29
17/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Nelsinho Piquet e Romain Grosjean

2016: Renault R.S.16

2016: Renault R.S.16
18/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Kevin Magnussen, Jolyon Palmer

2017: Renault R.S.17

2017: Renault R.S.17
19/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Nico Hülkenberg, Jolyon Palmer, Carlos Sainz Jr.

2018: Renault R.S.18

2018: Renault R.S.18
20/22

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Pilotos: Nico Hülkenberg, Carlos Sainz Jr.

2019: Renault R.S.19

2019: Renault R.S.19
21/22

Foto de: Dom Romney / Motorsport Images

Pilotos: Nico Hülkenberg, Daniel Ricciardo

2020: Renault R.S.20

2020: Renault R.S.20
22/22

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Pilotos: Daniel Ricciardo e Esteban Ocon

Entenda por que Ricciardo e McLaren podem brigar pelo topo da F1

PODCAST: Alain Prost: 'apenas' o vilão dos brasileiros ou gênio incompreendido?

 

Análise técnica: as mudanças no assoalho que devem deixar os carros de 2021 da F1 mais lentos

Artigo anterior

Análise técnica: as mudanças no assoalho que devem deixar os carros de 2021 da F1 mais lentos

Próximo artigo

Ecclestone diz que F1 não terá temporada "de verdade" em 2020 e defende cancelamento

Ecclestone diz que F1 não terá temporada "de verdade" em 2020 e defende cancelamento
Carregar comentários