Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
67 dias
06 mai
Próximo evento em
109 dias
20 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
137 dias
10 jun
Próximo evento em
144 dias
24 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
179 dias
29 jul
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
221 dias
02 set
Próximo evento em
228 dias
09 set
Próximo evento em
235 dias
23 set
Próximo evento em
249 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
256 dias
07 out
Próximo evento em
263 dias
21 out
Próximo evento em
277 dias
28 out
Próximo evento em
284 dias
05 nov
Próximo evento em
292 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
305 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
320 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
329 dias

Grosjean: "Não quero mais falar sobre freios"

compartilhar
comentários
Grosjean: "Não quero mais falar sobre freios"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho

Romain Grosjean admite que precisa melhorar em relação aos problemas de freios enfrentado com a Haas há tempos e diz que não quer mais fazer comentários sobre o assuntou

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17, locks up a wheel as he battles Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17

Não é de hoje que Romain Grosjean tem sofrido com os freios na Haas. O francês reclamou algumas vezes publicamente e o time norte-americano chegou até a testar materiais da Carbone Industrie, mas voltou aos componentes da Brembo.

Enquanto a equipe se mostrou otimista e crê em uma solução do problema, o francês teve um final de semana complicado no GP do Azerbaijão - pista com freadas fortes - sendo superado em todas as sessões por Kevin Magnussen.

Entretanto, Grosjean não quer mais falar sobre o assunto e ressalta a necessidade de gerenciar melhor os freios. "Honestamente, não quero mais falar sobre freios. Eu apenas preciso ser melhor nessas condições e melhorar. Há algumas coisas nos bastidores, mas não estou colocando a culpa em nada", disse

“A sensação com os freios foi terrível durante todo o final de semana. Kevin fez o mesmo comentário mas conseguiu pilotar bem, por isso que digo que não quero encontrar um culpado em nada", afirmou.

“As freadas sempre foram meu ponto forte, desde a Fórmula Renault. Mas quando as coisas não funcionam do jeito que quero, isso acaba sendo meu grande ponto fraco. “Quando não está bom, fico perdido. Admito que preciso trabalhar em cima disso e tenho certeza de que posso melhorar."

Quando questionado sobre os motivos que levam Magnussen a se sair melhor do que Grosjean enfrentando os mesmos problemas de freio, Gunther Steiner, chefe da Haas, disse: "Creio que são estilos de pilotagem diferentes."

"Romain freia mais tarde e mais forte para então virar o volante, enquanto Kevin freia e vira o volante mais cedo, talvez isso torne as coisas mais fáceis para sentir o freio."

“Eu não sou piloto, então para mim é apenas o que vejo através dos dados e minha experiência sobre o que as pessoas fazem. É o que acho, que estilos de pilotagem diferentes permitem a Kevin se sair um pouco melhor", acrescentou.

Grosjean deixou a entender que precisa acrescentar outros elementos às capacidades dele, dizendo: "Quando os freios não estiverem do jeito que gosto, preciso encontrar um caminho para trabalhar. Como disse, é meu ponto forte - frear tarde e duro, virar o carro ainda freando. Preciso encontrar mais ferramentas para andar bem quando não conseguir impor meu estilo."

Magnussen notou que Grosjean "parecia bastante irritado" com o problema de freio e reconheceu que "não é nada fácil" lidar com a dificuldade.

“Os freios são a coisa mais importante que você precisa ter funcionando bem. Sem isso, boa parte da sua confiança se vai, pois você não sabe o que vai acontecer quando acionar os freios. Não é uma boa situação, mas é algo que está um pouco além do nosso alcance."

Questionado pelo Motorsport.com se uma mentalidade mais relaxada estava ajudando a lidar com a dificuldade, Magnussen respondeu: "Digo, não há muito o que possamos fazer, é como reclamar das condições climáticas. Não há o que fazer, você apenas precisa lidar com isso", completou.

Dennis vende ações e rompe em definitivo com a McLaren

Artigo anterior

Dennis vende ações e rompe em definitivo com a McLaren

Próximo artigo

Barrichello, sobre formação no Brasil: “Temos bons pilotos”

Barrichello, sobre formação no Brasil: “Temos bons pilotos”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Localização Baku City Circuit
Pilotos Romain Grosjean , Kevin Magnussen
Equipes Haas F1 Team
Autor Valentin Khorounzhiy