Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
43 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
99 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
134 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
169 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
232 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
239 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
253 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
267 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
302 dias

Haas e Sauber têm novo motor Ferrari à disposição na Hungria

compartilhar
comentários
Haas e Sauber têm novo motor Ferrari à disposição na Hungria
Por:
26 de jul de 2018 14:41

Motor que só será usado pela Ferrari no último terço da temporada deverá ser ‘testado’ por times clientes

ferrari SF71H engine detail
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
A Haas F1 logo on the nose of the Haas F1 Team VF-18
Marcus Ericsson, Sauber C37

Os técnicos da Ferrari estão oferecendo a suas duas equipes clientes um novo motor para o GP da Hungria deste final de semana. Tanto Haas quanto Sauber querem a usá-lo o mais rápido possível, já que seus motores atuais já têm seis corridas.

O novo motor deve antecipar o EVO3, que a Scuderia usará mais tarde nesta temporada. Além disso, os dois times também têm à sua disposição um novo MGU-H.

Assim, o novo motor a ser disponibilizado pela Ferrari não é o mesmo motor usado por Sebastian Vettel desde o GP do Canadá (2ª evolução), e sim o último desenvolvimento aprovado pelos técnicos de Maranello, destinado a ser montado nos dois carros da Ferrari no último terço da temporada.

O feedback que chegará das equipes clientes é valioso para avaliar o trabalho feito sem assumir riscos com a equipe oficial.

Haas e Sauber foram para o segundo motor na véspera do GP de Mônaco, completando seis finais de semana sem problemas, e a opção de mudar para o novo MGU-H foi deixada à vontade dos times. Acredita-se que ambas as equipes devem estar alinhadas na escolha de correr imediatamente com os novos motores.

Os quatro pilotos (Magnussen, Grosjean, Leclerc e Ericsson) não terão penalidade trocando o motor, mas no caso da substituição do turbo e do MGU-H, o francês Grosjean teria punição, já que atualmente usa o terceiro componente dos dois itens.

A avaliação da Haas pode levar a uma substituição apenas do motor, para evitar que o francês saia do fim do grid em uma pista onde ultrapassar é tão difícil.

Próximo artigo
GALERIA: Relembre os últimos vencedores do GP da Hungria

Artigo anterior

GALERIA: Relembre os últimos vencedores do GP da Hungria

Próximo artigo

Bottas insiste que não é escudeiro de Hamilton

Bottas insiste que não é escudeiro de Hamilton
Carregar comentários