Fórmula 1
27 jun
-
30 jun
Evento encerrado
11 jul
-
14 jul
Evento encerrado
25 jul
-
28 jul
Evento encerrado
01 ago
-
04 ago
Evento encerrado
R
GP da Bélgica
29 ago
-
01 set
Próximo evento em
6 dias
05 set
-
08 set
Próximo evento em
13 dias
R
GP de Singapura
19 set
-
22 set
26 set
-
29 set
Próximo evento em
34 dias
10 out
-
13 out
Próximo evento em
48 dias
24 out
-
27 out
Próximo evento em
62 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
69 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
97 dias

Hamilton destaca “estado mental” diferente em volta da pole

compartilhar
comentários
Hamilton destaca “estado mental” diferente em volta da pole
Por:
20 de out de 2018 23:31

Lewis Hamilton afirmou que esteve em um “estado mental diferente” antes da classificação para o GP dos Estados Unidos, e isso o ajudou a derrotar a Ferrari e conquistar a pole position.

Hamilton anotou sua terceira pole position seguida na prova em que pode se sagrar pentacampeão da F1.

Ele derrotou Sebastian Vettel (que largará em quinto após uma punição) por apenas 0s061, sendo que Kimi Raikkonen ficou 0s070 atrás.

Hamilton disse: “Eu sabia que era preciso perfeição e voltas limpas para derrotá-los.”

“A primeira volta foi boa, mas eu sabia que os outros caras iriam melhorar na volta seguinte, então não havia margem para erro.”

“Considerando que houve alguns Q3s nas corridas anteriores em que tive de abortar minhas voltas nas segundas tentativas que não eram boas o bastante, fui bastante rígido comigo mesmo hoje para acertar a segunda volta.”

“A abordagem para nós foi muito firme e não estávamos nos empolgando. Estou muito feliz. Foi uma sensação diferente chegando aqui. Não sei por quê.”

“Não sei se eu dormi por mais tempo ou o que foi, mas eu estava em um estado mental diferente antes da classificação, o que é estranho, mas foi bom.”

Hamilton disse que não foi uma volta perfeita, mas que ficou satisfeito em descontar a aparente vantagem das Ferrari no primeiro setor no restante da pista.

“Há muitas variáveis diferentes. Você está realmente com todo o cuidado no tempo inteiro, tentando acertar e usar a aderência”, disse.

“No primeiro setor, por algum motivo, eles foram particularmente velozes. Parte disso é na curva 1, eu diria, em que eles geralmente têm um carro que é melhor em curvas deste tipo. O resto da volta foi boa, sem erros.”

“A primeira volta foi boa, mas havia um pouco de tempo a ganhar em algumas curvas: 11, 12, talvez a 13 e um pouco da 20. Na segunda, consegui capitalizar.”

Próximo artigo
“Não esperávamos que fosse tão parelho”, admite Vettel

Artigo anterior

“Não esperávamos que fosse tão parelho”, admite Vettel

Próximo artigo

Verstappen se diz “espantado” com quebra de suspensão

Verstappen se diz “espantado” com quebra de suspensão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Autor Scott Mitchell