F1: Chefão da Red Bull comenta especulações sobre Hulk em 2021

compartilhar
comentários
F1: Chefão da Red Bull comenta especulações sobre Hulk em 2021
Por:
Co-autor: Christian Nimmervoll

Alemão explicou como estão as conversas para um retorno ao grid, mas afirmou que sua participação na Racing Point não mudou nada nas negociações

Depois de seu breve retorno à Fórmula 1, seis meses depois de ficar sem vaga no grid, Nico Hulkenberg voltou a ser um assunto em alta no paddock devido a seus bons resultados. E o alemão voltou a afirmar que está trabalhando para voltar à F1 no próximo ano, mas deixou claro que só volta como titular, já que reserva seria "um passo atrás" em sua carreira.

Falando com o canal alemão Sport1, Hulkenberg disse que após sua longa carreira na F1, ele não tem muito interesse em assumir outro papel que não seja correndo.

Leia também:

"Pessoalmente, não me vejo como piloto reserva", disse. "Eu sentei em um cockpit por 10 anos e me alinhei no grid de largada, então aceitar um passo atrás sem ter chance de voltar a ser titular não faz muito sentido para mim. Não é um caminho que quero seguir".

Hulkenberg tem sido ligado a possíveis vagas na Alfa Romeo e na Haas desde o seu retorno, mas disse que as conversas para 2021 não aceleraram como resultado de sua volta.

"Estou falando com várias pessoas desde o começo do ano. Silverstone não mudou isso. O processo segue constante nos bastidores".

"Durante o breve retorno, honestamente, não aconteceu nada. Você se concentra no trabalho. O importante é entregar uma boa performance quando tem a chance. Planejar o futuro é parte de um processo maior".

Ele também disse que não está mantendo a esperança de correr novamente neste ano, apesar de ser o candidato mais óbvio caso necessário.

"Não espero mais corridas nessa temporada. Obviamente é algo que pode acontecer durante a pandemia, mas não tenho expectativas. Estou me mantendo em forma. Mas não acho que acontecerá novamente. Estou trabalhando para meu retorno em 2021".

Marko põe fim em rumores de Hulkenberg na Red Bull

Após suas duas participações nas etapas de Silverstone da Fórmula 1, Nico Hulkenberg deixou uma boa impressão no paddock, recebendo elogios de nomes como Helmut Marko. O consultor da Red Bull chegou até a falar que o alemão "tinha seu telefone" em uma entrevista, mas ele voltou a tocar no assunto para explicar o que quis dizer com isso.

A fala de Marko que abriu uma gama de rumores foi dita após Hulkenberg terminar em terceiro na classificação para o GP dos 70 Anos. Em entrevista ao canal austríaco ORF, ele disse: "Ele ficou fora por meio ano, volta e coloca o carro em terceiro", para depois falar sobre o telefone.

A entrevista colocou fogo nos fãs do piloto alemão, que sonham em ter Hulkenberg novamente no grid em 2021, ainda mais com a possibilidade de correr como companheiro de Max Verstappen. E, de fato, Marko chegou a dizer ao Motorsport-Total.com: "Ele nos avisou que está disponível".

Mas Marko fez questão que explicar o que quis dizer com essa entrevista, colocando fim aos rumores. Ele vê como "esportividade" reconhecer uma boa performance de um competidor, e nada além disso: "Isso não significa que ele correrá conosco".

"Foi uma ótima performance. Mas se todos começarem a achar que todos que eu elogiar receberão uma vaga, teríamos uma equipe de dez carros. Se um deles mostra uma boa performance e você reconhece, não significa que ele vai receber um contrato por isso", explicou.

VÍDEO: Veja a verdade sobre o início da treta de Nelson Piquet e imprensa

PODCAST: O que resta para Massa no automobilismo após sair se sua equipe na F-E?

 

Todt pede volta de Indianápolis à F1: “Tem todos os ingredientes”

Artigo anterior

Todt pede volta de Indianápolis à F1: “Tem todos os ingredientes”

Próximo artigo

Ex-Mercedes: Hamilton tem "ambiente superior" ao que Schumi teve

Ex-Mercedes: Hamilton tem "ambiente superior" ao que Schumi teve
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Nico Hulkenberg
Autor Jonathan Noble