McLaren destaca dia razoável em Cingapura

Button consegue chegar ao Q3, enquanto Pérez lamenta acerto ruim levado do último treino livre para a classificação

McLaren destaca dia razoável em Cingapura
Carregar reprodutor de áudio

Pole no ano passado com Lewis Hamilton, a equipe McLaren ficou mais uma vez, como na maioria das oportunidades neste ano: Aquém do esperado, com Button em oitavo e Pérez em um distante 14º lugar no grid de largada. Para Jenson, o treino foi mediano.

"O carro estava bom e eu diria que foi uma sessão de classificação razoável para nós”, falou o inglês.

“Ainda há um pouco de progresso a ser feito, mas estamos fazendo acertos para trabalhar neste fim de semana para melhorar o carro e estou feliz com isso. Vamos ver o que podemos fazer amanhã, de modo a fazer o melhor de onde estamos.”

“Vai ser difícil superar os carros à nossa frente, mas vamos ver o que pudermos. Dito isso, eu estou realmente ansioso por isso. É sempre uma corrida muito difícil aqui, mas é para isso que treinamos.”

Já Pérez ficou chateado em largar tão atrás após ter problemas com o rendimento de seu MP4-28 no Q2. "Foi uma sessão de classificação bastante decepcionante para mim. Eu acho que hoje nós deveríamos ter ido para o Q3. Basicamente, quando a pista ficou melhor no Q2, eu não pude melhorar meu tempo. Senti a traseira muito solta e eu, portanto, achei difícil maximizar o potencial do carro.”

“Eu acho que as mudanças que fizemos após o terceiro treino não ajudaram, e eu provavelmente perdi um pouco lá. Também no meu colo que eu tinha um pouco de tráfego, o que não quer ajudar. Para perder dois décimos aqui é muito fácil - e hoje nós fizemos isso.”

compartilhar
comentários
Segundo, Rosberg vê Vettel “fora do alcance” em Cingapura
Artigo anterior

Segundo, Rosberg vê Vettel “fora do alcance” em Cingapura

Próximo artigo

Ricciardo se vê em desvantagem em relação a pilotos do Q2

Ricciardo se vê em desvantagem em relação a pilotos do Q2