F1 - Mercedes: caso Massa-2008 pode servir como base para contestar Abu Dhabi-2021

Toto Wolff admite que pode 'mudar de ideia' e contestar revés de dois anos atrás; saiba mais no Motorsport.com

A equipe Mercedes de Fórmula 1 está observando com "interesse" os desdobramentos da ação de Felipe Massa em relação ao campeonato de 2008, em meio a indícios de que a empreitada do brasileiro poderia desencadear uma revisão do resultado de Abu Dhabi em 2021, conforme dito pelo próprio Bernie Ecclestone, ex-chefão da categoria, quando das críticas do dirigente britânico ao piloto do Brasil.

O editor recomenda:

Massa iniciou um processo legal para se sagrar campeão de 2008, após se convencer de que uma conspiração lhe roubou a chance de conquistar a coroa depois do escândalo do 'Crashgate' no GP de Singapura de 2008, conforme o Motorsport.com vem reportando extensivamente.

Em cartas anteriores à ação judicial enviadas à FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e à F1, foi argumentado por parte da equipe jurídica de Massa que a perda do título o prejudicou posteriormente com danos à reputação e perda de ganhos.

Na semana passada, o advogado brasileiro de Massa, Bernardo Viana, disse que acreditava que o caso era 'forte' e que sua missão era anular o resultado de Singapura-2008, o que faria de Felipe o campeão.

Viana disse: "O objetivo é trazer o troféu para casa. Não é uma questão financeira. Para obtermos sucesso, várias medidas serão tomadas com diferentes objetivos, algumas para obter informações e outras para obter declarações. Queremos que tudo o que aconteceu em 2008/2009 venha à tona".

As ações de Massa, ex-Ferrari, ao entrar com uma ação judicial por causa de um campeonato perdido provocaram algumas discussões sobre se um resultado bem-sucedido para ele poderia ou não abrir as portas para que outras decisões polêmicas da FIA na F1 fossem contestadas.

E a mais óbvia é a do campeonato de 2021, que teve uma etapa final controversa em Abu Dhabi, depois da maneira com que a FIA lidou com uma reinicialização tardia da prova pós-safety car, o que abriu a porta para o holandês Max Verstappen, da Red Bull, superar justamente o mercedista britânico Lewis Hamilton, justamente quem bateu Massa em 2008, na época em que o inglês corria pela McLaren.

Em entrevista no GP de Singapura de 2023, disputado neste fim de semana em Marina Bay, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, admitiu que está atento ao caso Massa-2008. "É interessante... é interessante acompanhar", disse o austríaco quando questionado pelo Motorsport.com.

"Claramente, não é algo que ninguém esperava. As regras são bem claras na F1. É um caso civil por trás disso. Certamente abriria um precedente, seja ele qual for. Estamos observando de fora com curiosidade."

Instado a esclarecer se isso significaria ou não um possível 'desafio' ao resultado do campeonato mundial de 2021, Wolff respondeu: "A FIA comentou sobre a corrida de 2021 com um comunicado claro (no qual o órgão admitiu erro em Abu Dhabi). Então, por isso estamos vendo com interesse".

Em uma declaração emitida após uma reunião do Conselho Mundial de Esporte a Motor da FIA em março de 2022, quando publicou seu relatório sobre os eventos do GP de Abu Dhabi de 2021, a FIA admitiu ter cometido erros,

Naquele momento, os estatutos da FIA declararam que a autoridade máxima que pode tomar uma decisão sobre os assuntos é o Tribunal Internacional de Apelação independente -- e que todas as pessoas envolvidas em um campeonato concordam em obedecer a isso, inclusive a Mercedes.

Se a ação legal de Massa mostrar que as decisões da FIA podem ser contestadas fora da jurisdição do órgão, isso pode ser suficiente para levar a Mercedes a considerar uma nova revisão dos eventos de Abu Dhabi em 2021. Em 2022, ela acabou desistindo de quaisquer contestações.

FERRARI DOMINA SINGAPURA na 6ª e Mercedes ADMITE CONTESTAR Abu Dhabi-21 por causa de Massa-2008 | F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior SEXTA-LIVRE: Ferrari domina, Red Bull apagada e Mercedes 'de olho' em Massa 2008; veja debate
Próximo artigo F1: Sainz lidera nova dobradinha da Ferrari em Singapura

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil