Ricciardo: ajuste "perfeito" transformou performance da Renault na F1

O australiano disse que agora a equipe precisa aproveitar a descoberta que surgiu pela primeira vez no GP dos 70 Anos

Ricciardo: ajuste "perfeito" transformou performance da Renault na F1

Depois de um bom final de semana na Bélgica, a Renault chega ao GP da Itália feliz com suas chances, buscando seu primeiro pódio desde que voltou à Fórmula 1, em 2016. E para Daniel Ricciardo, um dos motivos para essa melhora da equipe francesa tem a ver com um ajuste "perfeito", encontrado mais cedo na temporada.

Em Spa, Ricciardo e Esteban Ocon terminaram em quarto e quinto, sendo o melhor resultado da equipe na temporada. E agora a dupla já visa um possível pódio em Monza.

Leia também:

Enquanto a performance forte em Spa foi auxiliada pelo carro da Renault funcionar melhor em pista de baixo downforce, Ricciardo acha que é tão importante quanto um ajuste que ele acertou em cheio no treino livre de sexta do GP dos 70 Anos, segunda corrida em Silverstone.

"Definitivamente há algo que encontramos em Silverstone, como um ajuste perfeito", disse. "Eu encontrei em termos de sensação do carro. E eu usei isso neste final de semana também".

"Novamente, teve uma sessão, acho que foi o TL2, quando eu senti que havia encontrado novamente esse ajuste perfeito. Então há algo fundamental que acho que pode nos ajudar".

Ricciardo sente que a Renault entende agora muito mais as forças do R.S.20 - e espera que o ajuste pode ser levado para outras pistas, de alto downforce.

"Acho que podemos fazer isso funcionar em pistas de alto downforce também. Não é algo necessariamente típico de pistas de baixa. Podemos usar em todos os níveis, é só uma questão de encontrar o que funciona melhor".

"Isso certamente melhora o carro. Então sim, é algo que me deixa confiante. E não tenho certeza que tínhamos algo do tipo em 2019. Não sei se tivemos uma descoberta assim no ano passado, então isso é encorajador".

Ricciardo sugeriu que a transformação da Renault em pistas de baixo downforce pode ser bom o suficiente para considerar ideias radicais em termos de escolha de asas em outras pistas.

"Precisamos avaliar, porque obviamente na maioria das vezes que você anda em circuitos de alto downforce, você nem chega a questionar a escolha".

"Colocamos a asa maior porque ela será a mais rápida, mas agora não sei. Questiono se seria possível usar versões menores em pistas de alto downforce, e aceitar que isso é uma fraqueza agora, vendo se é possível fazer o carro funcionar com uma asa menor".

Vettel comenta rumores sobre ida p/ Racing Point e fala de outras categorias para 2021

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Vettel lamenta última corrida em Monza sem fãs e elege lembrança favorita de seus anos na Ferrari

Artigo anterior

F1: Vettel lamenta última corrida em Monza sem fãs e elege lembrança favorita de seus anos na Ferrari

Próximo artigo

F1 pode reduzir pré-temporada e ter 1ª etapa de 2021 no Bahrein, diz site

F1 pode reduzir pré-temporada e ter 1ª etapa de 2021 no Bahrein, diz site
Carregar comentários