Schumacher fora da F1? Haas 'enrola' em meio a rumores de AlphaTauri

Saiba mais sobre a situação do germânico e do mercado de pilotos para 2023

Schumacher fora da F1? Haas 'enrola' em meio a rumores de AlphaTauri
Carregar reprodutor de áudio

Piloto alemão da Haas na Fórmula 1, Mick Schumacher corre o risco de ficar sem vaga na categoria para a próxima temporada. A direção da equipe não tem pressa em negociar a renovação com o germânico e o filho de Michael Schumacher precisa render bem para se garantir em 2023.

O editor recomenda:

No ano que vem, a Haas já tem um piloto confirmado: o dinamarquês Kevin Magnussen, que substituiu o russo Nikita Mazepin como novo companheiro de Schumacher no atual campeonato da F1.

Mick, aliás, foi especulado na Aston Martin para 2023, após 'indicação' do compatriota Sebastian Vettel, que se aposentará no fim de 2022. Entretanto, o time de Silverstone optou pelo espanhol Fernando Alonso, que deixará a Alpine.

De todo modo, em meio à estagnação das conversas entre Haas e Schumacher, o mercado de pilotos vai se afunilando tendo 2023 em vista, conforme você confere na tabela do Motorsport.com abaixo.

Equipe Unidade de potência Pilotos
Switzerland Alfa Romeo (Sauber) Ferrari 77 Finland Valtteri Bottas
  Zhou Guanyu*
Italy AlphaTauri Red Bull 10 France Pierre Gasly
?  ?
France Alpine Renault 31 France Esteban Ocon
?  ?
United Kingdom Aston Martin Mercedes 14 Spain Fernando Alonso
18 Canada Lance Stroll
Italy Ferrari Ferrari 16 Monaco Charles Leclerc
55 Spain Carlos Sainz
United States Haas Ferrari 20 Denmark Kevin Magnussen
?  ?
United Kingdom McLaren Mercedes ?  ?
4 United Kingdom Lando Norris
Germany Mercedes Mercedes 44 United Kingdom Lewis Hamilton
63 United Kingdom George Russell
Austria Red Bull Red Bull 11 Mexico Sergio Pérez
33 Netherlands Max Verstappen
United Kingdom Williams Mercedes 23 Thailand Alexander Albon
?  ?

O segundo assento da Alfa Romeo ainda não está definido, mas o Motorsport.com apurou que a tendência é de manutenção do chinês Zhou Guanyu. Na Williams, o canadense Nicholas Latifi deve deixar o grid -- os principais candidatos à vaga são o norte-americano Logan Sargeant, membro da academia do time de Grove e postulante ao título da F2, e o holandês Nyck de Vries, vencedor da temporada 2019 da F2 e atual campeão da Fórmula E com a Mercedes, fornecedora da Williams.

Na McLaren, ainda não há uma oficialização, mas o companheiro do britânico Lando Norris deve ser o australiano Oscar Piastri, de modo que seu compatriota Daniel Ricciardo deve ficar livre no mercado -- e já foi cogitado na própria Alpine, em meio à confusão envolvendo as duas equipes.

Assim, o assento restante que poderia sobrar para Schumacher em caso de saída do alemão da Haas seria o atualmente ocupado por Yuki Tsunoda ao lado do francês Pierre Gasly na AlphaTauri, 'time B' da Red Bull.

Tal 'rumor', aliás, ganhou força recentemente nas redes sociais de forma despretensiosa, após tweet do piloto da IndyCar Marcus Ericsson, ex-F1 que venceu as 500 Milhas de Indianápolis neste ano pela Chip Ganassi.

 

O concorrente ao título de 2022 da Indy traça cenário em que Mick assumiria a vaga de Gasly, mas o francês já foi confirmado pela AlphaTauri para 2023, de modo que, em tese, não poderia ir para a Alpine. Além disso, não há sinalizações, pelo menos por ora, de Ricciardo na Haas.

Ademais, o consultor de automobilismo do grupo Red Bull na F1, Helmut Marko, já esclareceu que Tsunoda está bem cotado para seguir no assento e que não houve conversas, até o presente momento, com Schumacher.

“Yuki Tsunoda ainda não foi decidido, mas ele é o número 1 em nossa lista”, afirmou Marko ao f1-insider.com. “Nós não tivemos nenhuma conversa com Mick Schumacher. Ele é um [piloto] júnior da Ferrari”.

Entretanto, segundo o jornal alemão Bild, Schumacher estaria 'perdendo moral' com Mattia Binotto, chefe da Ferrari e homem-forte da estrutura da escuderia italiana de Maranello, incluindo a academia de pilotos.

Neste sentido, acende-se o sinal de alerta para Mick, já que a Haas é parceira técnica da Ferrari, que tem influência em uma das vagas da equipe norte-americana. O chefe do time dos EUA, Gunther Steiner, já disse que o grupo fará sua escolha de forma independente da scuderia, mas o fato é que o dirigente não tem pressa para definir a vaga ao lado de Magnussen, conforme noticiado pelo canal alemão RTL -- que também destacou que as críticas recentes de Steiner a Mick não 'caíram bem'.

Caso Schumacher deixe a Haas, já há postulantes ao assento especulados, como o italiano Antonio Giovinazzi, ex-F1 e hoje piloto da Dragon-Penske na Fórmula E, e o russo Robert Shwartzman, reserva da Ferrari.

VÍDEO EXCLUSIVO: DRUGOVICH admite que é “MUITO DIFÍCIL” entrar na F1 como piloto oficial e revela PARCERIA

Podcast #189 - Quem tem mais a perder com confusão contratual? Alpine, Piastri, McLaren ou F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Wolff 'esnoba' Andretti ao elogiar entrada da Audi na F1; entenda
Artigo anterior

Wolff 'esnoba' Andretti ao elogiar entrada da Audi na F1; entenda

Próximo artigo

Espanhol ex-F1 analisa 'fator grana' na ida de Alonso para Aston Martin

Espanhol ex-F1 analisa 'fator grana' na ida de Alonso para Aston Martin